Quinta-feira, 29 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Excesso de glúten engorda, causa danos à saúde e alterações no humor

31/03/2017 - Por Sandra Marasca Martini
Tweet Compartilhar
Glúten é uma proteína encontrada em alguns cereais, como o trigo, aveia, cevada, centeio, malte e seus derivados. Mesmo sem perceber, acabamos consumindo uma grande quantidade deste alimento ao longo do dia. Ele está presente em pães, massas, torradas, bolos, biscoitos e até mesmo na cerveja.
A maioria das pessoas já ouviu falar da doença celíaca, que é a intolerância ao glúten. O que nem todas sabem é que, mesmo em quem não sofre do distúrbio, o excesso deste alimento pode causar danos ao organismo e desencadear reações alérgicas.
As disfunções causadas pelo glúten incluem prisão de ventre, diarreia, gases, estufamento, alteração da saciedade, entre outros, sendo que os sintomas variam de caso a caso. Quando se trata de uma alergia leve, o indivíduo não será diagnosticado como sendo portador da doença celíaca. Neste caso, a retirada do glúten da dieta pode ajudar na melhora dos sintomas, sendo que, muitas vezes, o diagnóstico é apenas nutricional.
Além dos sintomas listados acima, o consumo do glúten pode desencadear outros problemas. Um deles é o aumento de peso, uma vez que, no processo de digestão, são liberadas substâncias inflamatórias, que estimulam a formação de gordura. Além disso, o alimento produz colesterol, podendo aumentar sua concentração no sangue e acarretar uma série de complicações.
Por fim, apesar de causar um prazer momentâneo após ser ingerida, a proteína está associada à diminuição da produção de serotonina, o hormônio do bem-estar. Isso ocorre porque o glúten tem ação tóxica ao cérebro, podendo levar a quadros de depressão e, inclusive, distúrbios comportamentais como alteração do humor.
Atualmente, podemos encontrar muitos produtos sem glúten, como pães, torradas, massas, barrinhas de cereais e até cerveja, os quais são produzidos a partir de farinha de arroz, farinha de coco, farinha de sorgo, farinha de trigo sarraceno, farinha de chia, farinha de linhaça, farinha de milho e farinha de aveia (sem glúten).
Substitua seus alimentos convencionais por opções sem glúten!





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

16/06/2017   |
09/06/2017   |
02/06/2017   |
26/05/2017   |
19/05/2017   |
12/05/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS