Quarta-feira, 20 de junho de 2018
Ano XXX - Edição 1512
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

22/12/2017 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - RESPEITO É BOM - E eu gosto, é como se diz. Sem dúvida, existe e deve existir entre pessoas educadas. Deveria existir. Mas nem sempre existe. É o que se assiste todos os dias, quando excelências se tratam de forma hostil. Até ministros se hostilizam. Ministros do Supremo, como já devem ter assistido. Com certeza, não bateu palmas, porque entendeu que é deprimente ver togados se destratar. Quando há desrespeito na baixa ralé, dá para entender. Justifica-se. Mas desrespeito nas altas camadas recomenda mal. Não justificam maus tratos porque são pessoas humildes. Não justifica o desrespeito a quem tem baixo preparo cultural. Muito menos o desrespeito ao adversário político. Espera-se que neste Natal se acendam luzes nas mentes das pessoas que veem os irmãos com desdém. Todos perante o Criador somos iguais. Somos apenas diferentes nas nossas ações. Uns fazem o bem e outros lamentavelmente trilham o caminho do mal. 

DIZEM QUE O BRASIL MUDOU - Mudou sim, e muito. Mas para pior. Culpa de quem? 

REGIONALMENTE - Parece que a conquista de um aeroporto regional para Santa Rosa continua de pé. Lideranças estão batalhando nos bastidores para alcançar esta conquista. Mas tudo está sendo feito na surdina. Ao que se soube por debaixo dos panos é que não estaria faltando tudo para o projeto marcar o gol da vitória. 

E O PLANETA CONTINUA COMO DANTES. É DEMASIA PROMETER ACABAR COM O PLANETA.

"PAGAREMOS EM DIA. O PT NUNCA ATRASOU SALÁRIOS". Promessa de Miguel Rossetto, no lançamento de seu nome ao governo do Estado pelo Partido dos Trabalhadores. Muitos críticos receberam a colocação como demagógica. Infelizmente, a política tem esta dupla cara: há projetos viáveis e outros demagógicos.  

OS QUE VÃO PARA O OUTRO LADO DO OCEANO PARA ASSISTIR A UMA PARTIDA DE FUTEBOL NÃO DEVEM TER PROBLEMAS ECONÔMICOS. ISSO EM TESE.  

ERRO HISTÓRICO - A venda das sementes, sejam de soja, milho, trigo, in natura, é um erro estratégico que Três de Maio cometeu ao longo de sua história. A industrialização destas e de outras sementes, além de outras matérias-primas, teriam oportunizado um alto retorno de ICMS, além de ter criado muitos empregos. Este erro não foi cometido com o leite.
 
EVASÃO DE DIVISAS - É um dos maiores problemas enfrentado no País. O contrabando e a venda irregular de produtos evitam a entrada e milhões e até bilhões de reais nos cofres dos municípios, estados e da União. Dinheiro que faz falta para investimentos, pagamentos de salários e obrigações. Mas pouco se faz para mudar esta injusta realidade. Vamos lembrar o cigarro:  De cada três cigarros consumidos no Brasil, um é contrabandeado. 

UM NOVO ANO VEM AÍ. QUE SEJA DE MUITA PAZ, ENTENDIMENTO E DE RECUPERAÇÃO ECONÔMICA E DE MAIS OPORTUNIDADE DE EMPREGO PARA QUEM QUER E PRECISA TRABALHAR. QUE TUDO SEJA MELHOR EM 2018 DO QUE EM TODOS OS ANOS ANTERIORES. MAIS AMOR, MAIS AMIZADE, MAIS PAZ E MAIS FRATERNIDADE PARA TODOS E MENOS INJUSTIÇAS.  




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/06/2018   |
08/06/2018   |
01/06/2018   |
25/05/2018   |
18/05/2018   |
11/05/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS