Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
Ano XXIX - Edição 1495
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A menos de 30 dias úteis do prazo final, pouco mais de 50% dos eleitores fizeram o cadastramento biométrico

02/02/2018 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Hoje, em média, são distribuídas entre 100 e 130 senhas diárias no Cartório Eleitoral, localizado na Avenida Senador Alberto Pasqualini, 310. Para fazer o cadastramento, é obrigatório apresentar o título de eleitor, documento de identificação, como RG ou CNH, e comprovante de residência

Prazo que iniciou em 2 de maio de 2017, se encerra no próximo dia 14 de março. Do total de 20 mil eleitores, 54% passaram pelo procedimento até terça-feira 

10 meses de prazo e, mesmo assim, muitos eleitores três-maienses ainda não realizaram o cadastramento biométrico, obrigatório, para ficar em dia com a Justiça Eleitoral. Iniciado em 2 de maio de 2017, o prazo final se encerra em 14 de março. Portanto, a contar de hoje, dia 2 de fevereiro, são 27 dias úteis para correr até o Cartório Eleitoral da 89ª Zona Eleitoral, em Três de Maio, munido de documentação pessoal e fazer o recadastramento, a fim de evitar ter o título de eleitor cancelado.
Na sede do Cartório Eleitoral, localizado na Avenida Senador Alberto Pasqualini, 310, os servidores do órgão dizem atender, por dia, entre 100 a 130 pessoas, a contar pelo número de senhas distribuídas. Quem vai ao local, no entanto, precisa ter muita paciência para aguardar na fila, que pode levar alguns minutos, ou até horas. Pelo menos tem ar-condicionado e cadeiras, disseram algumas que estavam à espera do atendimento no dia da reportagem, na terça-feira. 
Horário de atendimento
De segunda a quinta-feira, o horário de atendimento é das 13h às 19 horas, e na sexta, das 9 às 15 horas, sem fechar ao meio dia. E, conforme o servidor Jubar Kellermann Carvalho, dentro do horário de atendimento, todos os eleitores que tiverem retirado suas senhas, e estiverem dentro do cartório, serão atendidos.
Distribuição de senhas
Se todos os 20.019 eleitores passarem pelo processo, sendo que até o dia 30/1 (dados do TRE-RS) apenas 54,6% já haviam realizado o cadastramento, devem ser atendidos até 169 eleitores por dia. 
Segundo Jubar, cada dia mais eleitores comparecem no Cartório e a forma de controle é mediante a distribuição de senhas numéricas por ordem de chegada. Os maiores de 60 anos, gestantes e portadores de necessidades especiais recebem senha diferente porque, por direito, têm prioridade de atendimento. 

RG e comprovante de residência são obrigatórios
O servidor do Cartório orienta, ainda, que as pessoas tragam consigo os documentos necessários para fazer o cadastro, principalmente, o Título Eleitoral, RG ou CNH e comprovante de residência obrigatoriamente em nome do cidadão. "Ao comparecerem no cartório tenham a posse desses documentos. Lamentamos ao perceber que as pessoas vêm até o cartório e não têm como comprovar qualquer vínculo com o município e retornam para casa, sem fazer o cadastro. E, se tiver dúvida, pode entrar em contato com a equipe do Cartório, pelo fone 3535-1644, ou pessoalmente, para que quaisquer dúvidas sejam sanadas", aconselha.
Jubar informa também que o procedimento não tem custo. E, inclusive, o cidadão não precisa trazer fotocópia de documento. "São documentos originais que devem ser apresentados. E os dados são digitados no sistema no computador. Também não é necessário trazer foto", explica.
A três-maiense Andresa Porazzi Ludwig, 31 anos, era uma das três-maienses que aguardava na fila de espera na tarde de terça-feira, 30. Na data, ela conciliou seus compromissos profissionais e aproveitou a oportunidade para cumprir sua obrigação como cidadã brasileira. Mesmo sabendo que a biometria já estava em andamento na cidade, ela afirma que não pôde, mas gostaria de ter feito o procedimento antes. Mas, após alguns minutos na fila, realizou o cadastramento e foi embora, com a sensação do dever cumprido.

Na tarde de terça-feira, das 13h às 15h, já haviam sido distribuídas 127 senhas para atendimento. 
Depois de aguardar alguns minutos na fila, a três-maiense Andresa Porazzi Ludwig, 31 anos, 
realizou o procedimento para ficar em dia com a Justiça Eleitoral 

Documentos necessários para realizar o cadastramento biométrico
- Documento de identificação: principalmente, Título de Eleitor, RG ou Carteira Nacional de Habilitação
- Comprovante de vínculo e residência obrigatoriamente em nome do cidadão: conta de água, de luz, de telefone fixo, de telefone celular pós pago, um carnê de loja que contenha o nome completo e endereço do eleitor, o Cartão da Família, a Carteira de Trabalho, cujo contrato esteja vigente e de empresa situada no município de Três de Maio, assim como o comprovante de renda. 

FOTOS: ALINE GEHM



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

16/02/2018   |
09/02/2018   |
02/02/2018   |
02/02/2018   |
02/02/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS