Sábado, 18 de agosto de 2018
Ano XXX - Edição 1520
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

15/06/2018 - Por João Seno
Tweet Compartilhar

DESINTERESSE:  Se existe o interesse, o desinteresse também pinta não raramente nas pessoas. Além do desinteresse pessoal, também existe o desinteresse coletivo. Querem ver? Neste momento, trago dois exemplos: 53% dos torcedores brasileiros entrevistados disseram que não têm nenhum interesse pela Copa do Mundo. E 23% dos eleitores brasileiros em recente entrevista admitiram que vão anular o voto ou vão omitir-se em apostar em algum candidato. São números nunca vistos. Isso demonstra o estado de espírito do cidadão brasileiro. Está é desanimado.

 

QUEIXA DOS SOFRIDOS PROFESSORES - A queixa dos professores públicos do Estado é que, há três anos não pinta nenhum aumento. E para o ano que vem também nada se anuncia. E a inflação, apesar de baixa, está comendo os magros ganhos. Ademais disso, há aqueles que precisam esperar até duas semanas para verem depositados os seus vencimentos. "Desse jeito o professor acaba virando mau pagador", é a queixa que se ouve. Talvez, resolva pouco queixar-se.

 

FALTA DE CRÉDITO -  A maioria dos políticos, sejam deputados, senadores, governadores, prefeitos ou vereadores, têm pouco crédito. Tudo porque não correspondem à expectativa da população. A maioria só fala bonito nas tribunas e faz média. O que se diz a lo largo é que os deputados atualmente só servem para arrumar verbas para os municípios. 

 

QUEM TUDO QUER, TUDO PERDE. Não é verdade? 

 

UMA PERGUNTA: Afinal de contas o que os nossos políticos e administradores públicos estão fazendo, visando a criação de novos empregos? O que estão fazendo para melhorar a economia? Só discurso e falação não leva a lugar algum.  

 

E OUTRA PERGUNTA - O que os candidatos vão oferecer ou prometer ao eleitorado na campanha que vem aí? 

 

FOI GRANDE O PREGO - Os cálculos que a paralisação dos caminheiros custou aos cofres da União ainda não estão concluídos. Mas já se fala em algo ao redor de 15 bilhões. E vai demorar para normalizar os estragos.

 

ESTRANHO - Mesmo preso, há mais de dois meses em xilindró em Curitiba, o nome de Lula sempre aparece nas pesquisas como candidato a presidente da República e continua liderando as pesquisas. A pergunta é: ele vai continuar preso e mesmo assim concorre como candidato?

 

BRINCADEIRA A HISTÓRIA DO TERÇO BENTO DO PAPA FRANCISCO PARA LULA.    




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

10/08/2018   |
03/08/2018   |
27/07/2018   |
20/07/2018   |
13/07/2018   |
06/07/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS