Quinta-feira, 18 de outubro de 2018
Ano XXX - Edição 1529
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Município adquire eletrocardiógrafo

17/08/2018 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Município adquire aparelho, e pacientes do SUS não precisarão mais se deslocar até Santa Rosa para a realização de eletrocardiogramas

Antes, tempo de espera para exames agendados chegava a seis meses. Intenção da Secretaria da Saúde é de que, em breve, espera não seja maior do que 30 dias

A administração municipal de Três de Maio adquiriu um aparelho de eletrocardiograma para a rede pública de saúde.
Antes, para a realização do exame, como o Município não contava com equipamento, era preciso o deslocamento dos pacientes até Santa Rosa, o que agora não será mais necessário.
Instalado na Unidade Central de Saúde, localizada na Rua Casemiro Korchewicz, o aparelho passou a ser utilizado no início da última semana. Na sexta, 10, um ato de inauguração foi realizado no local, pela manhã.
"Sempre enfatizamos que a área da saúde é uma de nossas prioridades porque significa qualidade de vida para nossa comunidade. Termos um aparelho desses à disposição dos pacientes na nossa rede municipal, pelo SUS, é uma conquista importante e estamos muito felizes em podermos oferecer essa melhoria", ressaltou no ato o prefeito Altair Copatti.

Na primeira semana, 50 exames
A secretária municipal da Saúde, Gislaine Mella, vê uma série de benefícios com a aquisição do aparelho. Ela frisa que, desde o início da gestão, está se buscando que os usuários do SUS não precisem tanto se deslocar até outros municípios.
"Tendo o aparelho aqui, o paciente não precisa se deslocar até Santa Rosa, temos um maior custo-benefício (porque antes precisávamos contratar o serviço, e ainda havia os custos com o deslocamento), há maior comodidade para os nossos pacientes e conseguiremos aumentar a quantidade de exames", destaca a secretária.
"Também vamos conseguir melhorar a qualidade nos atendimentos, porque, se há dentro da nossa rede um usuário com sintomas mais preocupantes e que precise de um exame mais rapidamente, o médico da sua Estratégia de Saúde da Família já o encaminha para a Unidade Central e o exame é realizado, sem que o paciente precise esperar na fila", acrescenta.
Só na primeira semana de utilização do equipamento, foram feitos 50 exames. Antes da compra do aparelho, os exames em Santa Rosa eram contratados via Consórcio Público Fronteira Noroeste (Cofron), que é integrado por 25 municípios. Nessa situação, o prazo para que o exame fosse realizado poderia ser de até seis meses.

Exame identifica bloqueios no coração ou partes dele que não estão se movendo como deveriam, 
o que pode ser um indicativo de problemas cardíacos

Fila era de 320 exames
A demanda local por eletrocardiogramas é grande e diária. Antes da chegada do equipamento, a Secretaria Municipal da Saúde contabilizava cerca de 320 exames a serem feitos, numa fila com pacientes que aguardavam desde 2015. Gislaine diz que a perspectiva é de que aos poucos a situação seja melhorada e os pacientes não esperem mais do que 30 dias.
"Nos primeiros meses, ainda atenderemos a essa demanda reprimida, de pessoas que aguardam há mais tempo. Depois desse período, nossa meta é que o exame seja realizado em, no máximo, 30 dias após a requisição", realça a secretária.
O eletrocardiograma auxilia os médicos em diagnósticos quando pacientes apresentam dores no peito, falta de ar, histórico de hipertensão ou doença cardíaca, entre outras situações. O eletrocardiograma também faz parte do rol de exames pré-operatórios.
Ele avalia o ritmo dos batimentos cardíacos em repouso e verifica o número de batimentos por minuto. O objetivo é ver se há alguma falha na condução elétrica pelo coração, ou seja, se existem bloqueios no órgão ou partes dele que não estão se movendo como deveriam, o que pode ser um indicativo de problemas cardíacos.
Agora, o caminho a ser seguido para a realização de um eletrocardiograma na rede pública de saúde de Três de Maio diminuiu e está mais ágil: o médico da Estratégia de Saúde da Família prescreverá o exame, o paciente irá até a Unidade Central e fará o agendamento, para a realização do eletrocardiograma.
Os dados coletados são enviados para uma equipe especializada, em Ijuí, que emite o resultado. Reforça-se que, em casos graves, será possível fazer o exame no mesmo dia (com indicação do médico), obtendo-se o resultado de forma imediata.

FOTOS: CÍNTIA KLATT/PREFEITURA DE TRÊS DE MAIO/DIVULGAÇÃO



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

05/10/2018   |
05/10/2018   |
28/09/2018   |
21/09/2018   |
31/08/2018   |
31/08/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS