Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
Ano XXX - Edição 1537
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

24/08/2018 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - VALORIZAÇÃO - Normalmente a valorização das pessoas vem tarde. Depois do óbito, alardeia-se que fulano foi um exímio governante, um extraordinário homem público, um profissional honesto e capaz.  As homenagens póstumas são uma forma sutil de valorização atrasada, que o homenageado não saboreia. Talvez, seja porque haja o receio de que o homenageado em vida tire proveito. Que tirasse muito embora. Seria uma pequena recompensa pelo diário empenho vida afora. Menos mal que na ponta extrema da existência humana vem o descanso como última recompensa. Bonito é quando os filhos sem alarde aplaudem e podem dizer que tiveram um modelo de vida que estão trilhando, graças a alguém que lhes mostrou o caminho  pelo qual devem enveredar.

MUITOS NÃO DEVEM TER VERGONHA: ABUSAM SEXUALMENTE DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES. Inclusive religiosos, sobretudo, dos Estados Unidos, que receberam séria advertência do Papa Francisco. Segundo o Pontífice, a Igreja quer deixar de ser omissa. 

"NÓS COLHEMOS O QUE PLANTAMOS". Palavras de um treinador de futebol. 

NOVA MOEDA - A economia na Venezuela está caindo aos pedaços. Nesta semana, foram cortados 5 zeros da moeda daquele país. Imaginem 500.000,00 mil bolívares passarão a valer 5 mil bolívares venezuelanos, denominação da nova moeda. No Brasil, na década de 1980, já aconteceu algo parecido, quando, antes da instituição do real, foram cortados 3 zeros, do então cruzeiro novo. 

ENXURRADA DE CANDIDATOS - As eleições vêm aí e não é por falta de candidatos que o eleitor vai deixar de votar. Estes, ao contrário do que se esperava, abundam. Querem ver? Para presidente e vice-presidente da República são 13. Para governador e vice-governador são 199, para ocupar 27 cargos. Para senador o número de candidatos totaliza 347 e para deputado federal o número de candidatos é um absurdo: 8.147 e finalmente os candidatos para deputado estadual sobe ao incrível número de 16.937. Candidatos esparramados por 35 partidos, o que também é um absurdo. 

POUCA RENOVAÇÃO - Dois terços dos candidatos, que estão concorrendo no pleito de outubro, buscam a reeleição, o que significa que não vai ser grande a renovação. Tudo isso significa que a prática da política é um bom e apetecido negócio. 

ALGUÉM FALOU ISSO LITERALMENTE AO COLUNISTA: TRÊS DE MAIO PODERIA ESTAR BEM MELHOR, SE NÃO FOSSEM AS ENCRENCAS POLÍTICAS. Entendo que já esteve pior lá atrás. Mas ainda há espaço para melhorar. Política e futebol não deveriam servir para intrigas. 

DOS 220 MILHÕES DE BRASILEIROS 147 MILHÕES SÃO ELEITORES E DESTES 4,4% DO ELEITORADO BRASILEIRO SÃO ANALFABETOS, TOTALIZANDO 6,5 MILHÕES. SÓ NO AMADO RIO GRANDE TEMOS 177 MIL ELEITORES ANALFABETOS. AINDA HÁ 13 MILHÕES NO PAÍS QUE  SÃO ANALFABETOS FUNCIONAIS: SABEM LER E ESCREVER, MAS NÃO ENTENDEM O QUE LEEM. Isto em tempos de alta tecnologia. 

É PRECISO TORCER  - Para que tenhamos mais uma boa safra e, para que isso aconteça, o clima precisa colaborar. A safra de trigo vem aí e há boas perspectivas de boa safra e bons preços. A alta cotação do dólar, com vistas à exportação, está colaborando. O agronegócio também torce por clima favorável para a safra do milho e da soja




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

30/11/2018   |
23/11/2018   |
16/11/2018   |
01/11/2018   |
26/10/2018   |
19/10/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS