Domingo, 18 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Click Social

01/11/2018 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
"As pessoas boas deixam alegrias, 
as más deixam lições e as
 maravilhosas deixam 
lembranças."
Autor desconhecido

Como lidar com a morte?
Acredito que não tenha respostas e nem receita para lidar com a morte. Cada caso e circunstância da morte; a natureza da relação com a pessoa que morreu, faz com que venhamos a lidar de forma diferente diante da perda.  
A ausência física, a saudade dói e faz sofrer. Temos conflitos internos, culpa, tristeza e solidão. Quem não passou pela morte de uma pessoa próxima e amada, não consegue dimensionar - nem por um minuto-, essa dor.
 Posso garantir a meus amigos e leitores, que a dor da morte, mata  sonhos, dá lugar para a insegurança, a desconfiança, ao medo e a escuridão. A dor sangra a nossa alma e deixa o coração com cicatrizes. Às vezes rimos, quando estamos com vontade de chorar. Caminhamos para ver o tempo passar, mas, a dor e a saudade estão ali, e dão sinal da sua existência. Não adianta fugir - negar o luto - ele se faz presente, em cada data festiva, e até mesmo, nas minhas frustrações. Não tem como se desprender da saudade, ela chega em uma música, em um perfume, em uma comida, em uma confraternização com amigos, e, nos meus sonhos velados.
O luto é meu, a dor é minha, e cada um lida com os seus sentimentos e com a sua dor. À medida que o tempo passa, vamos dando espaço para a esperança, tirando a amargura do coração, sem querer procurar culpados. 
O tempo ameniza a dor; vamos aprendendo a lidar com a perda. Mas dizer que esquecemos, jamais. A pessoa amada deixa lições maravilhosas, lembranças incríveis e muitos legados.
Cabe a cada um se reinventar, se reconstruir, buscar um novo caminho, respeitar o passado, e, viver o presente, dia após dia. Precisamos sair da inércia, buscar novas perspectivas, focar no futuro, cercar-se de esperança e de fé. 
Precisamos desacelerar. Alguns amigos ficam - outros vão - e novos surgem. Nunca vencemos sozinhos. As conexões afetivas são fundamentais. Sempre haverá dias de chuva e outros de sol.  Precisamos aprender a viver para a vida e não para a morte. Como diz Luiz Gasparetto: "Tudo tem começo e meio. O fim só existe para quem não percebe o recomeço". 
Para os meus amores que se foram e me ensinaram a viver a vida com dignidade e ética, ter amor pela terra e nunca ter medo de enfrentar os problemas que a vida viesse a me desafiar. 
Dedico este texto para meu pai Mário Matias Lange, assassinado aos 47 anos, e ao meu marido Laudomir Lampert, vítima de uma infecção generalizada pela apendicite aos 58 anos. 
Gratidão para sempre! 
Yara Lampert


Precisamos viver bem
Encare teus dias com magia, 
faça pulsar toda tua energia e viva cada momento como se valesse por uma eternidade. Saia sem rumo, 
ao sabor do vento. Hoje estamos aqui, 
amanhã onde podemos estar?


Confira os clicks desta edição:

O casal de fisioterapeutas Sidnei Portolan Tamara Luana Schultz Lausmann (leia-se Clínica de Fisioterapia Sidnei Portolan), passa a ser nosso parceiro publicitário na coluna. Profissionais sempre atualizados e em busca dos melhores tratamentos. Bem-vindos!

Laércio Rodenbusch (Chico), 
Adriana Marasquin Rodenbusch,  
Bruno M. Rodenbusch e Sandra Platero
turistaram em Montevidéu (Uruguai). Bom demais!


Momento de concentração para a Caminhada das Vitoriosas, com a bênção 
do padre Giani e da pastora Mariza. Muita emoção, com muita energia do bem.

Recém-inaugurada a Nobre Cortinados 
já está colhendo os frutos pelo seu bom 
atendimento e pela qualidade dos seus cortinados e persianas.
 No registro, a empresária Vanusa Corso Pandolfo Ceccon, com os designers e consultores em Decoração de Interiores Roberto Rieck e Karen Bertoldo, da Dblare Móveis Planejados

 
Régis ladeado por Rogério Krisan e Guillermo Flores, da Joico

Régis e Lucas Possetti da Schwarzkopf

Régis Klein Cabeleireiro - com o objetivo de buscar novas técnicas, evidenciar tendências, além de cuidar 
da saúde e a beleza dos cabelos de seus clientes - participou de dois cursos de especialização em cores, mechas e cortes, realizado em Porto Alegre. 
Régis recebeu certificado de 
qualificação internacional

Beto Coleto e Carolina Zimmer, depois de se casarem em uma linda cerimônia em Punta Cana,  embarcaram para turistar e curtir a lua-de-mel  em Paris, Londres, Amsterdam e Roma. 
O registro é em Paris. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

09/11/2018   |
26/10/2018   |
19/10/2018   |
11/10/2018   |
07/10/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS