Quinta-feira, 27 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1563
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Ginásios de esportes Pacelli e São Francisco só podem ser utilizados para treinos e aulas de educação física

15/03/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Ginásios públicos sofrem por falta de investimentos e não podem mais sediar eventos esportivos
Sem receber melhorias e reformas há anos, Ginásio Municipal de Esportes Ceslau Sawitzki só pode ser utilizado para treinos esportivos 
durante o dia. Já o Ginásio Pacelli, que foi reformado em 2010, após ser destruído parcialmente por um temporal em 2007, se encontra 
quase na mesma situação: só pode ser usado para treinos e aulas de educação física; palco e vestiários estão interditados
Local de grandes eventos esportivos, sociais e recreativos, o Ginásio Municipal de Esportes Ceslau Sawitzki, mais conhecido como Ginásio São Francisco, tem uma história de mais de 30 anos - foi inaugurado em 30 de abril de 1988 - e hoje sofre com a ação do tempo, de vandalismo e danos em sua estrutura.
Em uma cidade tão carente de locais de lazer como Três de Maio, o ginásio era uma opção para a comunidade, que poderia se reunir, confraternizar, participar de eventos e praticar esportes.
Em 29 de junho do ano passado, o Jornal Semanal abordou em reportagem, a situação que o ginásio se encontrava - interditado - devido aos problemas na parte elétrica, hidráulica e na cobertura (telhado). De lá para cá, pouca coisa mudou. 
Segundo o coordenador do Departamento de Esportes da Prefeitura de Três de Maio, Alexandre Marcelo Ott, o ginásio municipal continua interditado para jogos noturnos "devido aos problemas no telhado e fiação antiga, que estavam dando curto-circuitos". 
Atualmente, o local só pode ser usado durante o dia, para jogos e treinos das escolas; e para equipes jogarem nos sábados à tarde", disse à reportagem. 
Já o Ginásio Pacelli  - que foi por muitos anos considerado palco de espetáculos artísticos e esportivos - abriu suas portas pela primeira vez em outubro de 1974 -, hoje é usado apenas para treinos e aulas práticas de educação física dos alunos do Instituto Estadual de Educação Cardeal Pacelli, uma vez que sua estrutura necessita de reformas externa, palco e vestiários, além de obras de acessibilidade (banheiros, arquibancada).

No ano de 2015, entre fevereiro e abril, o ginásio municipal sediou o Campeonato de Verão de Futsal de Três de Maio, o qual reuniu mais de 40 equipes e 600 atletas, conforme registros de notícias e fotos daquela época. Provavelmente, foi um dos últimos eventos esportivos aberto ao público, sediado no ginásio 

'Estamos fazendo um projeto de revitalização do ginásio municipal'
Alexandre observa que o local não pode sediar eventos - com público - por vários anos ter ficado sem investimentos. "Desde 2008 não foi feita nenhuma reforma. No ano de 2016 tentamos fazer consertos no telhado - mas que não ajudaram muito. Eventos como bailes, festas, festivais não podem ser realizados por não termos o  Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio - PPCI, e está sem condições de uso para estes eventos", afirma o coordenador, e completa: "vejo que o ginásio deve ser utilizado para eventos esportivos".
Ele ressalta que está sendo feito um projeto para a revitalização do ginásio. "É pensamento da administração municipal que devemos dar uma geral, não adianta fazer pequenas reformas. O governo está se esforçando na busca de recursos para realizar as melhorias ncessárias."
Sem espaço próprio para realizar as competições municipais, o Município utiliza o Ginásio de Esportes do Colégio Dom Hermeto, através de uma parceria,  ressarcindo a escola em valores dos aluguéis. Três de Maio conta com outros ginásios escolares, mas não são utilizados pelas dimensões das quadras esportivas não serem adequadas e por comportar pouco público.
Ale Ott diz  que o ginásio faz parte da história do Município e do próprio Bairro São Francisco e recuperá-lo significa fortalecer a comunidade e o bairro. 
Ginásio Municipal, localizado no Bairro São Francisco, tem danos nas partes externa e interna: cobertura danificada,
 janelas quebradas, parte elétrica  e hidráulica comprometida

No Ginásio Pacelli, para renovação do PPCI é necessário adequar o ginásio com questões de acessibilidade e reformas
Destruído pelo vendaval de 1º de novembro de 2007, o Ginásio de Esportes do Instituto Estadual de Educação Cardeal Pacelli ficou mais de três anos fechado até ser revitalizado. Em 8 de dezembro de 2010, após a reforma, foi reinaugurado e entregue à comunidade.
Inicialmente, era prevista uma reforma total, com substituição da estrutura metálica e da cobertura, iluminação da quadra, troca de pisos, revestimentos, pintura. Porém, o investimento na ordem de R$ 906,9 mil, do governo do Estado, com contrapartida de R$ 90,6 mil da Prefeitura, não contemplou a substituição total da estrutura metálica comprometida pelo temporal (como previa o projeto), nem a reforma do palco e dos vestiários. 
Desde então, o local não recebeu mais investimentos e melhorias e não sedia eventos abertos ao público.
Em contato com a diretora do Instituto Estadual de Educação Cardeal Pacelli, Mara Rejane Scheffler Benedix, ela revelou ao Semanal que, atualmente, o ginásio de esportes da escola está sendo usado apenas para as práticas esportivas e treinamentos, e para as aulas de educação física.
"Após o temporal, a reforma foi realizada parcialmente. O palco e os vestiários não foram contemplados no projeto. E atualmente a parte do palco e dos vestiários está interditada. É necessário adequar o ginásio com questões de acessibilidade (banheiros, arquibancada) e reformas para renovação do PPCI", resumiu a diretora Mara.

Apenas a quadra de esportes está liberada para uso em treinos esportivos e aulas de educação física do Pacelli. 
Palco e vestiários estão interditados

Foto da época da reinauguração do ginásio, em 2010. Parte externa está em bom estado, mas estrutura interna precisa de reformas e melhorias




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

14/06/2019   |
07/06/2019   |
07/06/2019   |
07/06/2019   |
31/05/2019   |
31/05/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS