Quarta-feira, 23 de outubro de 2019
Ano XXXI - Edição 1580
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Atmes, a associação que resiste ao mundo digital

30/08/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Nono livro da Atmes tem participação de 69 estudantes
Associação lançou livro com recursos próprios e com verba destinada pelo Legislativo três-maiense. 
Obra conta com textos e poesias de sócios e de estudantes de sete escolas que participaram do concurso literário

Estudantes de sete escolas participaram do concurso e tiveram suas produções publicadas no livro

Ao longo de seus 16 anos de história, muitos associados passaram pela Associação Três-Maiense de Escritores (Atmes). Adeptos da literatura e da criação literária, os 18 sócios que permanecem, atualmente, são os que mantêm a Associação em atividade. A Atmes resiste ao tempo, às adversidades, às novas tecnologias, a falta de incentivo - e permanece com seu trabalho e sua perseverança em levar conhecimento, cultura e entretenimento aos leitores do município e da região.
A cada dois anos, em média, a Associação lança um livro com poesias e textos dos escritores associados e de estudantes que participam do Concurso Literário promovido pela entidade. "O concurso é uma forma de incentivar o hábito da escrita e da leitura nas escolas", afirma a atual presidente, Cecília Delcir Scartazzini. Segundo ela, todas as produções enviadas para o último concurso foram publicadas na nona obra publicada pela Associação, visando prestigiar os alunos que se dedicaram a escrever seus textos e poesias. "Temos que fazer algo de bom pelas nossas crianças. Esse é o nosso desafio, despertar novos talentos e incentivar a produção literária das crianças, adolescentes e dos jovens. Eles são o nosso futuro, temos que cuidar deles agora, no presente", destaca.
A Atmes agradece em especial aos 69 estudantes das escolas Cardeal Pacelli, Bem Viver Caúna, São Pedro, Francisco Sales Guimarães, Princesa Isabel e Castelo Branco (todas de Três de Maio) e Jorge Logemann (de Horizontina) que participaram do concurso.

Plenário da Câmara de Vereadores ficou lotado de pessoas que prestigiaram o lançamento do livro 

Livro catalogado
O nono livro de textos e poesias da Atmes teve seu lançamento oficial na tarde de sábado, 24, na Câmara de Vereadores. Um excelente público prestigiou a solenidade.
Denominado de "Cidade Jardim em Verso e Prosa", o livro está sendo comercializado mediante a contribuição de R$ 25,00. Os exemplares estão disponíveis com os associados.
A publicação da obra somente foi possível com verba destinada pelo Legislativo três-maiense e parte de recursos próprios da Associação. A contribuição mensal é de R$ 5 por sócio.
O livro está incluído no CIP (Cataloging-in-Publication), obedecendo a norma de que todos os livros publicados devem conter a Catalogação na Publicação, padrão internacional estabelecido em 1976. No Brasil, de acordo com a Lei 10.753 de 30 de outubro de 2003, a adoção da Ficha Catalográfica é obrigatória.
Para adquirir o livro ou participar da Atmes pode entrar em contato com Cecília, pelo telefone/WhatsApp 99927-7297.

Variedade de temas
O Prefácio foi escrito pelo professor, poeta e escritor Auri Antônio Sudati, presidente da Casa do Poeta de Santa Maria. Nele, Sudati destaca a diversidade de temas, entre eles, a vida, o amor, a mulher; alma, amizade, infância, Deus, sonhos, e muitos outros.
Para ele, os autores da obra "vão traçando caminhos, esparramando ternura, sensibilidade e instigações". "O leitor lerá passagens belíssimas, tornando a leitura agradável", descreve, elogiando ainda, os trabalhos dos alunos participantes do concurso. "Sendo autores iniciantes, saberão entender que a ferramenta básica para a escrita é o amor pela leitura", aconselha.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

18/10/2019   |
11/10/2019   |
11/10/2019   |
11/10/2019   |
11/10/2019   |
11/10/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS