Quinta-feira, 19 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Venda de veículos continua acelerada

20/07/2012 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
O ano de 2011 foi considerado o recordista na história do país na venda de veículos, somando motocicletas, ônibus e caminhões, chegando a 5.767.886 unidades, conforme a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Somente em automóveis de passeio e comerciais leves (picapes e SUVs) foram emplacados 3.425.596 no Brasil.

Em 2012, as vendas de veículos também estão sendo consideradas positivas. A comercialização de carros subiu 24,18% em junho na comparação com maio, sendo considerado o melhor mês de junho da história do setor automobilístico. Os resultados refletem o desconto no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), determinado pelo governo federal e que valerá até 31 de agosto.

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus novos no Brasil em junho dispararam 22,86%, para 353.201 unidades, após medidas do governo no fim de maio para incentivar o setor. Na comparação com junho de 2011, as vendas no mês passado cresceram 16,06%.

De janeiro a junho, as vendas somaram 1,72 milhão de unidades, queda de 1,17% na comparação com o mesmo período de 2011, e reduziram o desempenho negativo que vinha acumulando até maio.

Com o resultado, a Fenabrave reviu as projeções de vendas para 2012. No total, a entidade trabalha com cenário de queda de 1,47% nas vendas de 2012, para 5,49 milhões de unidades.

Estiagem afetou venda de motocicletas



Embora o ano de 2011 tenha sido um ano muito bom para a venda de motocicletas novas em todo o país, este ano a estiagem que afetou o Rio Grande do Sul reduziu a comercialização destes veículos também em Três de Maio.

Conforme o sócio-proprietário de uma empresa três-maiense do ramo de motocicletas novas e usadas, Vandoir de Oliveira, o ano passado foi muito positivo na comercialização, sendo vendidas em média, 15 motocicletas por mês, entre novas e usadas.

Vandoir ressalta que na região a estiagem afetou o comércio de maneira geral, e no seu estabelecimento houve uma redução de 20% a 30% no número de motocicletas vendidas este ano.

Entretanto, o empresário revela que as vendas continuam acontecendo, especialmente as motonetas até 125 Cc , motocicletas de 150 Cc e motocicletas com suspensão alta. "As cores mais vendidas são preta e vermelha".

Segundo Vandoir, a procura por motocicletas é maior por clientes de idade entre 18 e 25 anos. "Notou-se também um considerável aumento de procura de clientes do sexo feminino, também desta faixa etária.

O empresário informa que a maioria dos clientes efetua as compras através de financiamento, representando 70% das vendas.

Em Três de Maio, comercialização de automóveis se mantém estável

Em Três de Maio, o gerente proprietário de uma revendedora de veículos novos, seminovos e usados, Roberto Marchewicz, destaca que ano 2011 foi um ano normal de comercialização de veículos novos, ficando um pouco abaixo as vendas de veículos usados.

Entre os veículos mais vendidos no ano passado, estiveram o Focus Sedan e Hatch com acentuada procura pelo carro na cor branca. "Também foi muito boa a venda do Fiesta Sedan e Hatch, e Ford KA".

Este ano, conforme Roberto, a estiagem afetou as vendas principalmente de veículos que são comprados pelo agricultor, os chamados utilitários, como camionetes e outros. "De modo geral, a venda se mantém estável. Temos agora uma boa procura devido a redução de IPI, principalmente com os novos lançamentos de modelos Ecosport e Ranger 2012. Nestes, já estamos com falta de algus modelos para entrega".




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

29/09/2017   |
29/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |
01/09/2017   |
01/09/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS