Segunda-feira, 22 de julho de 2019
Ano XXXI - Edição 1567
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

26/07/2013 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  - ÓDIO - Mas por que o ódio? É preferível a benquerença. O dar-se das pessoas é muito, mas muito mais interessante e benéfico. A verdade, contudo, é que existem pessoas que tomaram o veneno do ódio. E o derramam sobre os outros, quando podem, como se fora óleo escaldante. O ódio das pessoas maldosas queima como óleo quente. Isso faz lembrar a passagem bíblica de Caim e Abel. Os dois irmãos do primeiro casal bíblico não se davam: Caim odiava Abel. Isso vem lá dos arcanos. O ódio é velho. Mas não precisava existir. Seria tão bom que todos vivessem em paz e em harmonia. Odeiam-se marido e mulher. Filhos odeiam pais. E irmãos se odeiam. Companheiros de trabalho se odeiam e se matam, porque estão tomados do veneno do ódio matador. Adversários políticos destilam o ódio da serpente venenosa. A síndrome Caim e Abel está presente nesta quadra da nossa história como jamais em tempo algum. Mas e odiar por quê?

AVANÇOS NO PRIMEIRO SEMESTRE - Mais 84 empresas de diversos segmentos - indústria, comércio e serviços - abriram suas portas em Três de Maio, no primeiro semestre deste ano.  Hoje, o complexo industrial do Município perfaz 166 unidades. São 795 os estabelecimentos comerciais e 1.082 as prestadoras de serviço. É o potencial econômico de Três de Maio se avolumando e crescendo. Fonte: Secretaria Municipal da Indústria e Comércio.

MAIS UM AVANÇO - Agora, Três de Maio inova com a inauguração de uma microcervejaria: a Hettwer Bier.

DÍVIDA ASSUSTA? - Lula se gabava que tinha pago a dívida brasileira externa. Só que ninguém mais fala nisso. Por que não? É que ela voltou com mais força. Em 2010, a dívida externa alcançou 240 bilhões e a interna 1,650 trilhão. TOTAL DAS DÍVIDAS: 1,890 TRILHÃO.  A dívida brasileira aumentou, pois, em 1 trilhão no governo Lula. Então, ninguém estranhe se a inflação está irrequieta, o dólar tende a subir, a bolsa cai. São meras consequências de uma economia mal conduzida.

NEM TUDO VEM À TONA - Vejam que entre 2012 2013, os aviões da FAB levantaram voo mais de 5.000 vezes para transportar autoridades. Este escândalo dos jatinhos da FAB não é de agora. As viagens têm um custo estimado de R$ 25 milhões de reais por ano para os cofres públicos. Este dinheiro daria para comprar 106 ambulâncias ou construir 62 unidades básicas de saúde. Você que não sabia disso concorda com isso?

PIOR MOMENTO - Para o presidente da Famurs, prefeito Valdir Andres, de Santo Ângelo, "o municipalismo vive a maior crise da história". Em Brasília, 4 mil prefeitos vaiaram a presidente Dilma, na 16a. Marcha. Decerto não gostaram das propostas. Ela disse que "não tem milagre".
"SEM PLANEJAMENTO, FUNCIONAM A IMPROVISAÇÃO E O ARBÍTRIO DOS GOVERNANTES". A frase parece adaptar-se ao momento que vivemos.

E CHEGA DE ANARQUIA - "Criticamos os reajustes que os parlamentares se concederam nos últimos anos, mais de 60% Temos que dizer ao novo Congresso, que vai se eleger em 2014, para congelar os seus salários, para que não se repassasse esse custo para os municípios" Paulo Ziulkoski, presidente do CNM. E o grito do povo nas ruas deve ser: "Parlamentares, respeitem a vontade popular. Chega de anarquia"!



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/07/2019   |
12/07/2019   |
05/07/2019   |
28/06/2019   |
21/06/2019   |
07/06/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS