Sexta-feira, 22 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

05/08/2013 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  CORAGEM  -  Sem dúvida, a coragem é uma virtude. Quem não a tem é um covarde. Estes homens que vieram do outro lado do Oceano Atlântico, sejam portugueses, ingleses, franceses, holandeses, alemães, italianos, polonese ou espanhóis, são homens de coragem. Foram homens e mulheres de coragem. Os imigrantes. Vieram sem conhecer o destino. Aventuraram. Alguém faria isso hoje em busca do desconhecido? Hoje, no máximo, atravessam o oceano em modernos aviões, talvez, 10 horas de viagem, para rumo conhecido, em busca de um sonhado emprego. Não se compara com as épicas viagens de Cabral, dos imigrantes alemães, italianos e espanhóis, que deixaram suas pátrias, os seus torrões para buscar o novo mundo, além-mar. Coragem e valentia corria nas veias desses homens e mulheres ousados. Foi com a fibra dessa gente que se construiu e se colonizou grande parte do Brasil, sobretudo, o Sul e o Sudeste. Nós os descendentes desses valorosos imigrantes precisamos valorizar os feitos épicos desta gente, que fizeram do Brasil sua segunda pátria. Um pedestal para cada um deles.

REFORMA POLÍTICA  - "Uma reforma política não basta para atender as demandas levadas por manifestantes à ruas nos últimos meses. A solução é reformar o Estado brasileiro". A posição é do ex-deputado, ex-presidente da Câmara e constituinte de 1988, Ibsen Pinheiro. 

CARO DEMAIS  -  O custeio da máquina pública brasileira chega a 21% do Produto Interno Bruto do país. Isso é muito. Isso é demais. Precisa enxugamento. Menos ministérios, menos Ccs, menos deputados e senadores. Certo?
O EX-PRESIDENTE LULA DEFENDE NÃO A DIMINUIÇÃO, MAS O AUMENTO DO NÚMERO  DOS MINISTÉRIOS. E QUER IMPORTAÇÃO DE MÉDICOS. Que tal!

FIM DAS DESONERAÇÕES - Parece que a presidente Dilma quer o fim das desonerações fiscais. Também pudera! Elas tiram 35,1 bilhões da receita. Infelizmente, a conta das desonerações quem paga são os municípios, através da queda do retorno do FPM. 
DIMINUIR MINISTÉRIOS E CADEIRAS NA CÂMARA E NO SENADO, NEM PENSAR. 
Se as ruas vaiam os políticos e governantes e saúdam e aplaudem o Papa Francisco, que conclusões se pode tirar? 

O REFLEXO DAS RUAS - A presidente Dilma sofre com os reflexos dos movimentos das ruas e avenidas: o desempenho ruim/péssimo só cresce: 7% - março de 2013; 13% - junho de 2013 e 31% - julho de 2013. 

NÃO SE FALA MAIS NA  TAL  DA MAROLINHA. O CRIADOR DO NEOLOGISMO SUMIU.  

BOM SENSO - O Conselho Nacional de Trânsito-Contran suspendeu, até dezembro de 2014, a exigência de emplacamento e licenciamento de tratores. Trata-se de uma medida de bom senso. Aliás, medida de bom senso mesmo seria o fim do emplacamento para todos os veículos agrícolas. É tão absurdo o emplacamento de máquinas agrícolas, como antigamente o emplacamento de bicicletas.

O TRIGO AGRADECE AS TEMPERATURAS BAIXAS DO MÊS DE JULHO.  



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/03/2019   |
08/03/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |
15/02/2019   |
08/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS