Quarta-feira, 19 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1562
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

19/08/2013 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
NO DIA 24 mais uma Caminhada das Vitoriosas. O evento é uma iniciativa da Unidade Regional do Imama de Três de Maio. A cada ano aumenta o número de vitoriosas. Essa é a boa notícia. A cada dia aumenta o número de mulheres conscientes da importância dos exames preventivos. E isso tem salvado cada vez mais vidas.

POUCAS ATIVIDADES, aparentemente, prosperam tanto atualmente como o ramo farmacêutico. Impressiona o número de farmácias instaladas e cada pouco tempo abre uma nova. Chega a ter uma ao lado da outra e até duas da mesma rede na mesma cidade. Sinal que o negócio vai bem. Já a saúde da população...

DEPOIS DA LEI da transparência que obrigou os deputados a publicar a relação de seus assessores, fica mais fácil entender as dificuldades que os candidatos de primeira viagem têm para se eleger. Cada deputado tem em média 10 assessores, escolhidos a dedo e estrategicamente distribuídos em suas bases eleitorais. Uma reforma política séria deveria tratar desse assunto. 

COM OBJETIVO disciplinar e desafogar o setor de urgência e emergência, o Hospital São Vicente de Paulo mudou a sistemática de priorizar os atendimentos. Cores ordenam o atendimento dos pacientes. Cor vermelha, urgência atendimento rápido, cor amarela emergência atendimento em 20 minutos, verde não urgente em ate uma hora e  azul  atendimento em até 6 horas. A fórmula parece boa, vamos ver se vai funcionar na prática.

DE ACORDO com o prefeito de Santo Ângelo e presidente da Famurs Valdir Andres, a maioria dos municípios gaúchos está com a água até no pescoço. Aqui na região, muitos municípios estão com os cofres raspados, com os prefeitos em palpos de aranha e diante dessa situação, não adianta esperar ajuda federal ou qualquer outro tipo de milagre. Não tem outra saída a não ser recorrer a cortes. O que começa a ser feito. 

A PRESIDENTE DILMA anunciou no fim do mês passado a liberação de seis bilhões de reais, divididos em 3 parcelas de 2 bilhões de reais  para emendas parlamentares ao orçamento geral da União. A medida tem o objetivo de evitar surpresas desagradáveis nas votações previstas para esse mês no congresso. É esse relacionamento promíscuo entre o governo e o congresso que a maioria dos prefeitos que acabar as famigeradas emendas parlamentares.  É o famoso toma lá da cá, que começa em Brasília, e se espalha por todo o país. 

BOM FIM DE SEMANA torcendo pela volta do sol, uma boa pescaria e curtindo o som dos anos 70 do Midley Of The Road.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS