Domingo, 24 de setembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1476
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Alessandra de Castro Reinehr

23/09/2013 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Idade: 37 anos
Casada com: Denis Silveira Reinehr
Natural de: Porto Alegre - RS
Reside em: Três de Maio há 14 anos
Mãe de: Yasmin (11 anos) e Luma (6 anos).
Formação em: Administração de Empresas.
Se pudesse mudar de profissão, seria: Cerimonialista
(organizadora de eventos).
Para que fins faz uso da internet: Pesquisa e lazer.
Como você se define: Espontânea e dinâmica.
Que momento da sua vida você escolheria para reviver: Minha infância.
E que momento você gostaria de apagar: Nenhum, pois mesmo os mais difíceis nos trazem amadurecimento.
Que habilidades gostaria de ter mas não tem: Cantar.
O que gostaria de ter sabido antes: Que o melhor amigo de hoje poderá ser o pior inimigo de amanhã.
Um presente que nunca esqueceu: Minhas filhas, pois foram presentes de Deus.
Qual é o seu bem mais precioso: Minha família e meus amigos.
Hobby: Ler.
Gosto inusitado: Sushi.
Momento marcante: Minha posse como Patroa do CTG Tropeiros do Buricá.
Time que torce: Grêmio.
Pratica atividade física: Faço academia.
Estilo musical: Música gaúcha e MPB.
Hábito que não abre mão: Ir para o CTG toda semana.
Um hábito que quer se livrar: Ser pontual demais.
Qual a paisagem natural que mais impressiona você: o campo.
Projeto de viagem: Europa, em especial Espanha.
A maior virtude de uma pessoa: Generosidade e responsabilidade.
O que você não tolera: Pessoas que por seus cargos ou profissões se consideram melhores que os outros e disso fazem com que seus funcionários/colaboradores passem por constrangimentos.
Receita de sucesso: Autenticidade.
O negócio do futuro é: Comprometimento.
Um nome de sucesso: Paixão Côrtes, pois foi um visionário dentro do tradicionalismo.
Um sonho de consumo: Construir uma cozinha nova para o CTG.
Ponto positivo de sua cidade: A hospitalidade.
E o negativo: Falta de lazer.
Seus aplausos vão para: Todas as pessoas que fazem das coisas simples da vida seus melhores momentos.
Nota zero para: Egoísmo.
O que é ser Patroa do CTG Tropeiros do Buricá: Uma conquista que jamais será esquecida. Uma honra, pois estar, neste momento, à frente de uma entidade com tamanha história e valor, não tem preço.
Na sua opinião, qual é o maior símbolo tradicionalista do gaúcho: Todos são de muita importância para o tradicionalismo. Cada um tem o seu valor e a sua história, mas os que fora de nosso Estado são os mais conhecidos e apreciados são o churrasco (que é a comida típica) e o chimarrão (símbolo de hospitalidade).
Como se define um bom tradicionalista: Alguém que valoriza a família, cultiva as tradições e respeita seus valores.
O que mais admira dentro da cultura gaúcha: A igualdade. 


Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/09/2017   |
08/09/2017   |
01/09/2017   |
25/08/2017   |
18/08/2017   |
11/08/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS