Quinta-feira, 19 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Família Sancandi e o trabalho na Fazenda-Escola da Setrem

30/09/2013 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
O calor fora de época e o suor no rosto de quem recém havia finalizado o trabalho de demarcar uma área experimental e plantar cinco hectares de milho não tiravam a alegria de Jair Sancandi, um três-maiense de 38 anos, natural de Consolata, que há 15 anos empresta seu trabalho e dedicação à Sociedade Educacional Três de Maio (Setrem). Na companhia da esposa Liane Sancandi, 36 anos, e do filho Gabriel Felipe Sancandi, 11 anos, Jair sentou-se no sofá de casa, na Escola-Fazenda da Instituição, para contar um pouco de sua história e dos vários anos de atividades junto à Setrem.
As mãos e pés inquietos diante da câmera fotográfica e do gravador contrastavam com a simplicidade e tranquilidade com que a família Sancandi contava à trajetória que os fez estabelecer raízes nos 160 hectares da fazenda, localizada em Independência. "Eu morava em Consolata e lá prestava serviços a um agricultor. Na época, em 1999, já namorava a Liane e aceitamos uma vaga para trabalhar aqui, uma granja terceirizada. Após dois anos fui contratado pela Setrem e passei a trabalhar com o professor Marcos Caraffa", conta.
Os tempos passaram e a casa de madeira deu lugar a uma confortável moradia de alvenaria. Ao mesmo tempo, o namoro virou casamento e o casal virou família, com o nascimento de Gabriel. Esta bênção, para o casal, é uma das melhores lembranças dos tempos de Escola-Fazenda, que agora vê o filho andando livremente pelas estradas fazendo o que mais gosta: andar de bicicleta.


O trabalho e as amizades
O incansável Jair - adjetivo dado por um dos alunos que desenvolveu atividades no local - é o responsável por cuidar da lavoura, estando sempre envolvido em tarefas como pulverizar, plantar, capinar e, como ele mesmo diz: "fazer de tudo um pouco". Para Liane, o dia a dia é dedicado a cuidar da limpeza, cultivar flores e manter o refeitório organizado.
Com o passar do tempo, já à vontade diante do gravador, Jair toca na questão da solidão do homem rural ou, no caso da família Sancandi, do oposto desta situação, pois a presença de professores, alunos e pesquisadores mantém a Escola-Fazenda sempre movimentada. Foram várias as amizades que nascessem ali com o passar dos anos. "Sempre tivemos uma boa relação com todos. É um lugar tranquilo, que em certas épocas até teve mais vizinhos, mas que com o passar do tempo os mais velhos foram para as vilas e cidades. No entanto, como muita gente passa por aqui, cria-se uma relação de amizade. Têm alunos que se formam, saem e vão trabalhar longe, mas que quando estão a passeio na região vem ver como a gente está. Sempre recebemos visitas e isso é muito bom", garante Jair.
A seriedade no trabalho e nos estudos também tem momentos de descontração. "O clima é ótimo, pois sempre há muito respeito e os limites são seguidos à risca. Ninguém apronta, só ocorrem brincadeiras sadias que não prejudicam ninguém, como alguns apelidos engraçados", complementa.

O conhecimento
De olho no entardecer e se preparando para recolher os maquinários ao galpão, Jair ainda teve tempo de falar sobre o grande aprendizado que adquire a cada aula prática, o que o permite compartilhá-lo com os alunos. "Quando sobra um tempo para conversar com eles, sempre digo que não é feio entrar aqui não sabendo, mas é feio sair não sabendo. Cada um tem voz e vez de perguntar e a gente fica à disposição para que eles tirem dúvidas, pois tudo que sabemos, podemos passar adiante. Tenho certeza que em cada aula também aprendo mais", ressalta.
Ao final da conversa, uma pergunta surgiu para causar reflexão: morar na cidade não desperta a curiosidade? A resposta veio de Liane, sem hesitar: "Gosto de morar no interior e de fazer o que faço aqui. Construímos uma família nestas terras, aqui nós casamos, nosso filho nasceu aqui, e este local nos faz bem", conclui.

REPORTAGEM E FOTO:  ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SETREM



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

29/09/2017   |
29/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |
01/09/2017   |
01/09/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS