Quarta-feira, 19 de setembro de 2018
Ano XXX - Edição 1525
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Agricultores iniciam nova etapa com programa Minha Casa Minha Vida

21/10/2013 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Na sexta-feira, dia 11, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Três de Maio e São José do Inhacorá foi palco da assinatura de contratos do programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida, que, nesta etapa, beneficiará 12 famílias de produtores rurais de Consolata e outras localidades de Três de Maio com reformas em suas residências.
As 12 famílias contempladas receberam orientações do presidente da entidade Pedrinho Signor, gerente da Caixa Econômica Federal Eloi Reichert e do engenheiro Geraldo Baú acerca dos procedimentos que, a partir de agora, deverão ser tomados para o bom andamento das obras. O referido programa atende agricultores com renda de até R$ 15 mil anuais, que vão receber R$ 17.200,00, que já estão depositados na Caixa.
Responsável por intermediar o contato dos produtores entre as etapas do Minha Casa Minha Vida, o STR já tem outros pedidos de obras do Programa em andamento. Segundo o presidente do STR Pedrinho Signori, há um grupo de 22 famílias de São José do Inhacorá e mais 22 em Três de Maio interessadas em assinar novos contratos, entre outros pedidos encaminhados à entidade, que não tem um limite estabelecido para lidar com os pedidos do Programa.
Segundo  o funcionário do STR Airton Henn, o Sindicato trabalha com as solicitações de acordo com sua capacidade de atendimento. Até o momento,  300 famílias de TM e São José já foram beneficiadas pelo Minha Casa Minha Vida, tanto em construção de residências como em reformas.
Os produtores que assinam o contrato das habitações rurais tornam-se sócios da COOHAF (Cooperativa Habitacional da Agricultura Familiar), órgão da Fetag fundado no ano de 2004 e que hoje é a maior cooperativa de habitação rural do Brasil.

Qualidade de vida
Para Vicente e Rosane Kovalski, a assinatura da permissão das obras do Programa Minha Casa Minha Vida significa trazer mais estrutura para sua moradia, que hoje é dividida entre cinco pessoas: Vicente, Rosane, os filhos Eduardo, 10 anos, e Renan, 2 anos, mais o irmão de Vicente, Roque.
O casal, que pretende terminar a construção da área da casa, visando mais conforto, principalmente no período do inverno, destaca o acompanhamento que o Sindicato faz durante as obras, auxiliando no esclarecimento de dúvidas e contribuindo para o bom andamento do programa.

FOTO: GENARO CAETANO



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

27/07/2018   |
18/05/2018   |
27/04/2018   |
02/03/2018   |
14/07/2017   |
23/06/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS