Terça-feira, 18 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1562
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Oriental FC: trajetória no esporte e na comunidade três-maiense

29/11/2013 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
O clube que há décadas une gerações do esporte de Três de Maio prepara um evento com o objetivo de comemorar mais um ano de atividades.  Neste sábado, dia 30, a diretoria do Oriental receberá tanto seus atletas veteranos como também as crianças das categorias de base, além do público em geral, nas dependências do Estádio Reinoldo Selzer, para celebrar a data especial.  
Foi na segunda-feira, dia 25 de novembro, que o Oriental Futebol Clube completou 88 anos de existência. Nestas oito décadas não faltaram emoções, desafios e muitas histórias para contar. Na bagagem estão disputas de grandes jogos e campeonatos, que se somam à esperança proveniente do trabalho com as categorias de base, realizado de forma responsável e eficiente, levando as promessas do futebol a disputarem campeonatos em nível regional.
Para as festividades do evento de comemoração que ocorre neste sábado a diretoria preparou uma programação que envolve confraternização e atividades para crianças e adultos: a partir das 10h haverá jogos das escolinhas e ao meio-dia será servido almoço, com a presença do Secretário Estadual de Justiça e dos Direitos Humanos e comitiva. No período da tarde, a partir das 16h, haverá jogo dos veteranos do Oriental. 

Histórias para contar
Muito tempo se passou desde que o Oriental deu seus primeiros passos, tornando-se uma entidade fundamental no desenvolvimento do esporte três-maiense. Por essa razão seria difícil imaginar que boas histórias pudessem ser "garimpadas", porém, basta ir ao Estádio Reinoldo Selzer em um dia de confraternização para encontrar pessoas que têm suas vidas atreladas ao time alviverde.
Ex-presidente do Oriental, Flavio de Souza, 79 anos, é daqueles que provavelmente já fizeram de tudo dentro do âmbito do grupo. Responsável por diversas informações que compõem esta matéria, Flavio traz grande parte da história do Oriental em sua memória, até não poderia ser diferente, considerando que a vivência no Clube serviu como pano de fundo para diversos momentos importantes de sua vida.
Entre esses momentos Flavio destaca a ocasião na qual conheceu sua esposa, Josefina Tomasi de Souza, torcedora do Botafogo. Ressaltando a rivalidade existente entre os clubes, Flavio diz que os tradicionais jogos não deixavam nada a desejar se comparados a um Gre-Nal, por exemplo. "Muitas sombrinhas e guarda-chuvas foram quebrados nos 'Botais', destacando-se as mulheres como ferrenhas torcedoras. Foi numa destas 'lutas' que consegui apartar hoje minha esposa e já passa dos 55 anos que não nos largamos. Foi a briga mais bonita que tivemos, ela do Botafogo e eu do Oriental", lembra Flavio.

O Estádio
Paralelo às memórias de tempos atrás há também o trabalho atual, que continua firme, visando dar suporte à equipe de veteranos e, principalmente, fornecer um ambiente agradável e em excelentes condições às crianças. 
Segundo o já mencionado "arquivo" contido na memória de Flavio de Souza, o terreno no qual hoje encontra-se o Estádio do Oriental foi adquirido entre as décadas de 60/70, sendo que uma parte foi doada pelo saudoso Reinoldo Selzer, que hoje dá o nome ao local. 
No cenário atual destaca-se o trabalho do diretor de Patrimônio Valdemiro Godoi, que cuida de praticamente tudo o que diz respeito à manutenção do Estádio Reinoldo Selzer, desde o corte da grama até a limpeza, copa etc. Trabalho não falta, pois a manutenção deve ser constante. Apesar disso, Valdomiro diz que faz o serviço com prazer.
A nova "aquisição" do Oriental provou ser de grande valia: como amigo, diretor e torcedor, Valdomiro acompanha o Clube em toda a região. Como o próprio ressalta, ele entrou no Oriental e de lá não saiu mais. 

História no esporte três-maiense
Fundado no ano de 1925 (a primeira ata foi registrada no dia 25 de julho), quando a atual área que abrange Três de Maio pertencia a Santo Ângelo, o clube três-maiense iniciou sua participação no cenário esportivo promovendo amistosos com equipes da região, até ingressar no Campeonato Municipal de Santa Rosa, no final dos anos 40, com destaque para os jogos realizados contra as equipes do Paladino e Aliança.
Uma vez filiado à antiga Federação Rio-Grandense de Futebol, após a emancipação da cidade de Três de Maio, na metade dos anos 50, o Oriental passa a integrar o quadro de equipes que disputavam o Campeonato Estadual de Amadores, mas a trajetória do referido clube começou a decolar na década de 60, quando foi doada a área do Estádio Reinoldo Selzer.
Nos anos de 60/70 ficou famosa a rivalidade entre Oriental e Botafogo, dois grandes representantes do futebol três-maiense, rivalidade que chegava ao máximo nos dias de jogos entre as duas equipes, que faziam o clássico conhecido como "Botal".
O estádio do Oriental foi remodelado na década de 80, possibilitando a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Estadual de Futebol, com o alviverde chegando a ficar entre os oito melhores do Estado em 1989. Já durante os primeiros anos da década de 90, Oriental e Botafogo realizaram uma fusão, criando a Associação Três-maiense de Esportes (ATE), através da qual Três de Maio participou da Segundona em 92 e 93, mantendo-se o patrimônio individual de cada um após a cisão.
A última grande atuação do Oriental em competições oficiais ocorreu no ano de 2001, quando o Clube se sagrou campeão do Estadual de Amadores. O Oriental de hoje constitui-se na sua categoria de Veteranos, que organiza jogos amistosos periodicamente, e nas categorias de base, que abrange cerca de 70 crianças e atualmente funciona junto com o projeto "Formando Cidadãos e Desenvolvendo Talentos", promovido através de parceria do alviverde com a Secretaria de Justiça e dos Diretos Humanos do RS, que proporciona não apenas o esporte, mas também oficinas educativas, aulas de informática e palestras com profissionais de áreas como Saúde e Educação

Veteranos
Mantendo-se em plena atividade, a categoria de veteranos do Oriental participa tanto de amistosos como campeonatos, destacando-se atualmente os títulos de Tetracampeão do Campeonato Municipal de Futsal e Bicampeão de Futebol Sete do Torneio Afucomaio de Veteranos de Crissiumal.


Oriental Futebol Clube



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

14/06/2019   |
14/06/2019   |
07/06/2019   |
31/05/2019   |
24/05/2019   |
24/05/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS