Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
Ano XXX - Edição 1541
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

10/08/2012 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  - CADA UM É CADA UM  -  Pelos caminhos da vida encontram-se pessoas da mais variada espécie. Há aqueles que gostariam que todos fossem iguais. Impossível. O Criador Onipotente teve criatividade. Não se encontra um ser humano sequer que seja igual, igual. Parecido, sim. Nem se encontra duas folhas iguaizinhas. As pessoas precisam ser aceitas como elas são, não como gostaríamos que fossem. É preciso valorizar as qualidade de cada um. E respeitar os defeitos do nosso semelhante. Cada um procura esmerar suas qualidades. Outros há que vão ladeira abaixo com seus próprios defeitos. Por isso, há os educadores que cuidam das qualidades e dos defeitos dos seus discípulos, como há os médicos e as enfermeiras que zelam pela saúde.
VALERIODUTO  -  Ao todo 101,6 milhões teriam sido desviados pelo valerioduto. São 38 os réus indiciados. Quanto cada um levou, só Deus sabe. O que mais interessa é saber se houve o mensalão, negado de pés juntos pelo ex-presidente Lula e se o mal-havido vai ser devolvido.   
SER DE DIREITA  - "Ser de direita é ter respeito às pessoas, é promover mudanças econômicas e sociais de maneira ordeira, sem caos, pensando no progresso em primeiro lugar". O pensamento é de Cibele, gaúcha de 22 anos, que está organizando o movimento pela refundação da Arena. Se existe esquerda, por que não poderia haver a direita? O ruim é só direita ou só esquerda. A balança precisa estar equilibrada.  
NOTÍCIA RUIM - "No início da semana passada, uma das maiores exportadoras de calçados femininos do país, Reichert Calçados, anunciou o fechamento da sede em Campo Bom e de suas 20 unidades espalhadas em 11 municípios gaúchos. Com o encerramento das atividades da empresa, aproximadamente 5 mil pessoas estarão desempregadas".   A notícia ruim é de junho de 2007. Entre as unidades que fecharam as portas naquele ano, estava a unidade de Calçados Reichert de Três de Maio e vários municípios da região. Até hoje, o setor calçadista só piorou.
ALEGAÇÕES PARA A CRISE CALÇADISTA  - Sobretudo, são três ou quatro as razões principais alegadas para o fechamento de fábricas de calçados, ou sua transferência para o Nordeste, ou para países asiáticos: a combinação do dólar baixo, concorrência chinesa,  alta carga tributária e falta de incentivos governamentais. Além da Reichert, fecharam a Azaleia e a Dilly Calçados e mais 57 empresas do ramo no Estado. As sucessoras da Reichert, na região, também fecharam. Lamentável.
O TORNADO QUE SE ABATEU SOBRE SANTA BÁRBARA DO SUL TERIA CAUSADO PREJUÍZOS DA ORDEM DE R$ 7 MILHÕES.
O COVARDE MANDA RECADO. ELE NÃO SE APRESENTA. NÃO É O COVARDE QUE ESCRE E FALA PARA O PÚBLICO.

AMBOS: Lula, que nada sabia a respeito do mensalão, conforme sustenta, e Roberto Jéferson, que denunciou o mensalão, ambos não estão bem de saúde. Este é réu, aquele não.
NOVO RECORDE  - O Impostômetro registrou, na quinta-feira passada, dia 2 de agosto, novo recorde de arrecadação de impostos pagos pelos brasileiros, desde 1 de janeiro: R$ 900 bilhões.
OUTROS TEMPOS  - É o que podem dizer os argentinos: aquele país vizinho, em 1900, na virada do século XX, a Argentina era a quarta potência econômica mundial. Hoje, os hermanos estão em situação pré-falimentar.


Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

18/01/2019   |
11/01/2019   |
21/12/2018   |
14/12/2018   |
14/12/2018   |
07/12/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS