Quarta-feira, 14 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Tecnologia beneficia o solo e aumenta produtividade da lavoura

13/01/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Penergetic e Syngenta apresentaram seus produtos em Dia de Campo realizado pela Rota Agrícola.

A Rota Agrícola realizou na tarde de quarta-feira, 8 de janeiro, Dia de Campo sobre a Tecnologia Penergetic, utilizada em lavouras de Milho Syngenta. Ambas aproveitaram a oportunidade para demonstrar os seus resultados em novas cultivares. O local escolhido para as demonstrações foi a propriedade de Irineu Reckziegel, em Esquina Tunas, Horizontina.
A Tecnologia Penergetic existe há 30 anos e já está presente em 33 países. No Brasil, a tecnologia chegou da Europa há 17 anos, sendo que cinco anos foram destinados à pesquisa para calibração e há 12 anos é comercializada.
Segundo o engenheiro agrônomo e representante da Penergetic do Brasil, Fábio Pinto, a marca trabalha com dois produtos: o Penergetic K e o Penergetic P. O K tem a função de melhorar a vida existente no solo, ou seja, de todos os microrganismos benéficos para as plantas. "Isso ajudará a planta na melhor absorção dos nutrientes existentes no solo", afirma. Já o P tem a função de melhorar a estrutura e arquitetura da planta, deixando-a mais organizada e com maior capacidade de produção, pois fabricará por mais tempo.
As tecnologias K e P da Penergetic já estão presentes na safra 2013/2014 do Rio Grande do Sul. "Estamos conseguindo áreas de produtividade em soja de 2 a 3 sacas por hectare e em milho de 5 a 6 sacas por hectare nas áreas tratadas com Penergetic", destaca o engenheiro agrônomo. No estado, a tecnologia está no tratamento de nove culturas, entre elas milho, soja, painço, girassol, arroz, aveia preta e até pastagem. "Todas elas apresentaram resultados satisfatórios", ressalta.

Custo x benefício

Em áreas que recebem adubo de muitos anos, a Tecnologia Penergetic possibilita uma redução na quantidade de adubação. "Essa redução traz um custo x benefício interessante ao produtor: entre 2 a 3 sacas de soja já na largada do plantio", explica Fábio. Com a área e a planta sendo tratadas com Penergetic, a planta vai expor todo o seu potencial de produtividade, tanto em enraizamento, como em quantidade de folha, ficando mais verde por mais tempo. "Isso beneficiará a aplicação dos insumos, adubos e fertilizantes, e a planta vai absorver melhor tudo isso".
A Rota Agrícola lembra que a Tecnologia Penergetic é um produto que só pode ser usado com recomendação técnica. Sua aplicação depende do acompanhamento de um técnico ou consultor, que faz a análise do solo para recomendar o produto. A Rota Agrícola é representante da Tecnologia Penergetic para toda a região.

Matéria produzinda por
Eduardo Erthal
Jornalista - MTE 16.687
-----------------------
FOTOS: CLEITON ROBERTO


Confira as fotos da matéria



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

28/09/2018   |
27/07/2018   |
18/05/2018   |
27/04/2018   |
02/03/2018   |
14/07/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS