Sábado, 21 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Confirmado primeiro caso de dengue no Estado em 2014

20/01/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Morador de Gravataí contraiu a doença fora do RS. Até o momento, Santa Rosa tem três casos sob investigação e Três de Maio não tem nenhum caso suspeito

As temperaturas altas e as chuvas esporádicas do verão são consideradas ideais para a proliferação do mosquito causador da dengue, o Aedes aegypti. Conforme o biólogo Jorge Bernardes, do Laboratório Central do Estado (Lacen), devido às chuvas, os depósitos são propícios para as fêmeas colocarem os óvulos. "No momento que tiver umidade e temperatura, eles vão se desenvolver de uma maneira muito rápida. Em menos de 15 dias já podem ter mosquitos adultos no ambiente", alerta.
Mesmo com as campanhas de prevenção à doença, esta semana foi confirmado o primeiro caso de dengue registrado em 2014 no Rio Grande do Sul. A doença teria sido contraída por um morador de Gravataí durante viagem a Rondônia.
De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, o Estado apresenta pelo menos 118 municípios infestados pelo mosquito. Em 2013, foram 424 casos da doença, dos quais 229 foram autóctones, ou seja, a pessoa foi infectada dentro do território estadual.
Na região Noroeste, o município de Santa Rosa tem três casos suspeitos da doença, que estão sob análise do Lacen. De acordo com a gerente da Vigilância Sanitária de Santa Rosa, Márdiori Watthier, em 2013, o índice de infestação foi de 1,43% tendo 142 notificações com 49 confirmados, destes um importado e 48 autóctones.

FOTO: DIVULGAÇÃO/JS.

Confira a matéria completa no jornal impresso.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

04/08/2017   |
02/06/2017   |
19/05/2017   |
13/04/2017   |
10/04/2017   |
24/03/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS