Sexta-feira, 28 de abril de 2017
Ano XXIX - Edição 1454
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Mendigos na Praia...

20/01/2014 - Por Marcos Salomão
Tweet Compartilhar
    Estamos de volta ! Feliz 2014 para você ! Estive ausente deste espaço na semana passada, pois ainda retornava do descanso merecido de virada de ano. Estive na praia de Torres, litoral gaúcho, visitando meus pais, mas já estou de volta para a correria normal...
    Na praia, algo me chamou atenção neste ano: a presença de mendigos à beira mar. Não, não, eles não estão veraneando, não é isso. Estão pelas ruas, pelas escadas dos hotéis, próximo a restaurantes e lancherias. Algo que nem sempre enxergamos, ou, de certa forma, neste ano aumentou...
    Perguntei a um empresário sobre o assunto e ele me disse que são 12 ao todo, e que chegaram neste ano. Calcula-se que algumas prefeituras da região, ou até mesmo mais distantes, estejam largando estes mendigos em Torres.
    -"É fácil: Você dá uma cachaça para eles, coloca numa van e leva para qualquer cidade. Atualmente estão largando em Torres.."- disse-me o empresário.
    Mendigos, na minha visão, são pessoas que abandonaram a sociedade. Não deram certo em nada e nem querem participar deste mundo, desta selva de pedra que vivemos. Eles vivem um mundo à parte. A maioria das pessoas não os enxerga, mesmo passando ao lado. Mendigos vivem sozinhos, com suas sacolas e seus restos de comida, catados em alguma lixeira farta.
    No verão, com o movimento intenso de pessoas na praia, fica fácil "despachá-los" para lá. Alguém vai dar comida. Alguma prefeitura vai ter que se preocupar. Alguma alma boa vai acolhê-los...
    A questão é....o que fazer com eles ???
    Procurar suas famílias e devolvê-los ??
    Sustentá-los ??
    Ou...ignorá-los ???
    A verdade é que estão aí....e neste ano, encontrei alguns em Torres....
    Postei este texto no facebook na virada do ano e um médico comentou e me enviou uma matéria do jornal A Folha onde mostrava um manifesto na praia de Canasvieiras (Florianópolis/SC), onde pessoas caminhavam carregando faixas com os seguintes dizeres:
"Não precisamos de mendigos. Fora !"
"Balneário Camboriú pare de jogar mendigos na nossa praia (que vergonha)"
    Ou seja, o problema é maior do que se imagina. Ficou fácil mandar mendigos para o litoral e se livrar da responsabilidade...    
    Boa sorte aos administradores públicos, que são as pessoas encarregadas de resolver o assunto...



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/04/2015   |
13/04/2015   |
13/04/2015   |
27/03/2015   |
20/03/2015   |
13/03/2015   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS