Sexta-feira, 24 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

14/03/2014 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  ATRÁS DA MÁSCARA -  O tempo é propício para falar ou escrever a respeito de máscaras e mascarados. Por vários motivos. Um, porque estamos em período de Carnaval. Outro, porque as ruas enchem de mascarados, quando há protestos. E também foi proibido o uso de máscaras em Porto Alegre nas manifestações, através de Lei. A máscara está, pois, em alta. De fato, no Carnaval muitos foliões se escondem atrás de máscaras. Muitas até criativas. É uma forma de disfarçar e animar a festa. Só que máscaras para protestar é um acinte. Usar o disfarce para quebrar, machucar e matar, ora bolas! Queiram ou não queiram, mascarados há por toda parte. São também  as pessoas que se escondem, se disfarçam atrás delas. São as pessoas que parecem uma coisa e na verdade são outra. Estes mascarados são os enganadores soltos por aí. E eles abundam. Só servem para funchar, funchar os incautos. O jeito é descobrir quem são eles em tempo, para se prevenir. Para evitar ser driblado por estes mascarados de araque, é preciso arrancar-lhes a máscara em tempo. Depois do mal feito, não tem mais jeito.

"A prevalência dos valores femininos nas casas, nas escolas e nos governos apagou a masculinidade do mapa e deixou os homens perdidos". A frase emblemática da escritora americana, Camille Paglia, "NÓS SUFOCAMOS OS HOMENS" parece verdadeira. Para refletir no Mês da Mulher.

CHIAR DÁ RESULTADO - Os médicos cubanos, que iniciaram ganhando US4 400,00,  vão passar a ganhar US$ 1.245,00 por mês, depois de muita chiadeira. Também pudera um médico ganhar R$ 940,00 por mês é exploração.   
DÁ PARA VIVER SEM DÍVIDAS? QUERENDO, DÁ.

QUEBRA NA SAFRA  -  Na presente safra o tempo tem sido inclemente: chuva demais e falta de chuva. O Centro-Oeste foi castigado por muita chuva na safra e o Paraná sofre com altas temperaturas e chuvas irregulares. E, no Rio Grande do Sul, houve falta de chuva em regiões pontuais, com duas estiagens: uma em dezembro e outra, em fevereiro. Os prognósticos otimistas de supersafra, ou safra recorde(sic) não estão confirmadas. Vamos aguardar novas estimativas.  

GASTOS EXORBITANTES -  Faltam menos de 90 dias para o pontapé inicial da Copa do Mundo no Brasil. No entanto, cinco das 12 arenas, que receberão jogos, ainda não estão prontas. E, quando estiverem, consolidarão um dado entristecedor: os R$ 8,3 bilhões serão o recorde pago na construção de estádios para um Mundial no Brasil. Para 2010, a África do Sul gastou R$ 3,2 bilhões com reformas e construção de 10 estádios. Para 2006, na Alemanha, o valor foi de R$ 3,6 bilhões para 12 arenas. Logicamente, aqui o superfaturamento funciona.

PRIMEIRO A FESTA DEPOIS A DOR DE CABEÇA - Para evitar dores de cabeça, depois da festa, deveria haver o planejamento antes. É o que falta, via de regra: as pessoas gastam, depois, só depois vão ver como vão pagar. Errado! Até na Jornada Mundial da Juventude/JMJ no Rio, em 2013, foi assim. Agora, estão fazendo campanhas para coletar milhões para cobrir os investimentos.

"Bandidos se escondem atrás de togas". Quem disse isso? Ora! Ora!  a severa magistrada baiana aposentada, Eliana Calmon.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS