Domingo, 25 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

O medo e o sonho...

14/03/2014 - Por Marcos Salomão
Tweet Compartilhar
Hoje não vou escrever sobre Direito. Falarei um pouco sobre uma experiência de vida, pessoal, a qual repenso a cada ano que passa, nesta mesma época...

Todo ano, existe um campeonato municipal de futebol de salão em uma das cidades que eu trabalho. Uma competição disputada, acirrada entre os jovens do município. Cada empresa patrocina um time e todos se enfrentam durante o verão. A comunidade gosta do esporte, e prestigia os jogos frequentando o ginásio. Ocorre durante um mês e movimenta várias famílias e empresas.

Em 2009 um grupo de jovens pediu que patrocinássemos uma equipe. Ajudamos com os uniformes e eles chegaram até a final. Na final encontraram uma equipe vencedora de três títulos municipais. Os jovens perderam a final e a equipe de campeões ganhou seu quarto título. Era um time respeitado por todos...

No ano seguinte, em 2010 resolvi montar uma equipe. Não apenas patrocinar um uniforme. Resolvi escolher os jogadores da município, conversar e tentar vencer. Jogamos o campeonato e na final encontramos novamente a equipe tetra campeã.

 Com muito esforço conseguimos um empate na final e a decisão seria por pênaltis. Ali, eu enxergava no rosto de cada jogador o esforço que tinham feito para conseguir vencer e tinham apenas empatado o jogo. Quis o destino que ganhássemos o campeonato com a vitória nos pênaltis. Um feito inédito contra aquela equipe campeã.. Mas pênaltis são pênaltis. Não espelham uma vitória...

Em 2011 não colocamos time. Em 2012, a pedido dos jovens, retornamos ao futebol e novamente na final do campeonato encontramos aquela equipe de campeões, porém agora com outro patrocinador. O anterior desde que perdera a final de 2010 parou de investir no campeonato. Quis o destino que nesta final perdêssemos o jogo com dois gols de diferença. Os campeões fizeram a festa e meus jogadores (funcionários e amigos) saíram cabeça baixa da quadra.

Poderíamos ter desistido de tudo. O sabor amargo da derrota não faz bem. Mesmo assim, em 2013 resolvemos colocar novamente o time pra jogar. Se perdêssemos de novo seria muito doloroso. Mesmo assim resolvemos jogar novamente.

Neste ano, novamente na final encontramos os mesmos campeões. O jogo empatou e como em 2010 fomos novamente para os pênaltis. Quis os destino que ganhássemos de novo. Uma festa, porém, decidida novamente nos pênaltis. Nunca havíamos ganhado destes rapazes, multicampeões e eles sempre foram conhecidos pelos seus feitos em toda a região.

Poderia ter parado ali. Em 2013. Não correr mais riscos. Não tentar mais. Encerrar a trajetória como bi campeão. Porém nem eu nem os jogadores estávamos satisfeitos. Nunca havíamos ganhado do outro time e já havíamos jogado quatro finais contra eles. Ganhar nos pênaltis não é a mesma coisa que ganhar na quadra, jogando.

O time então, em 2014, me procurou de novo. Pediram pra montar a equipe e disputar novamente. Todos sabiam que neste ano eles, os multicampões jogariam para ganhar, pois queriam uma revanche. Assim mesmo, correndo este risco, resolvemos colocar novamente o time na quadra.

No dia 07 de março nos encontramos novamente na final do campeonato. Em 10 minutos de jogo já estávamos perdendo por dois a zero. E ainda poderia ser muito pior. Um desânimos tomou conta de todos. No intervalo do jogo, os jovens do meu time sentaram para conversar. Voltaram para o segundo tempo e viraram o jogo, vencendo por 4 a 2. Perguntei a eles, de onde haviam tirado força para virar um jogo perdido de 2 x 0 e me responderam:

- A vontade de vencer, de lutar, de não desistir nunca, mesmo que a situação seja complicada. Superamos o medo e acreditamos no sonho...

Isso deve ser levado para todas as esferas da vida, seja pessoal ou  profissional. O desejo de vencer, de superar os obstáculos, de acreditar naquilo que pode parecer impossível...Parabéns a estes jovens vencedores..

Das minhas leituras da madrugada: 

"Não deixe que o medo tome o lugar dos seus sonhos" -  Walt Disney



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/04/2015   |
13/04/2015   |
13/04/2015   |
27/03/2015   |
20/03/2015   |
13/03/2015   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS