Domingo, 20 de agosto de 2017
Ano XXIX - Edição 1471
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

O Líder e o Poder...

21/03/2014 - Por Marcos Salomão
Tweet Compartilhar
Certas pessoas confundem liderança com poder. Refiro-me às pessoas que possuem poder, mas que não entendem o que é liderança...

O Poder é algo que pode derivar de um cargo que se ocupa. A liderança é um fato natural que seduz outras pessoas...

Sempre que houver um grupo de pessoas, identificaremos quem possui a liderança natural. Esta liderança cria Poder...

Porém em um mesmo grupo de pessoas, pode se dar Poder para alguém, e este alguém pode não ser um líder, o que embaça todo o processo...

Associações, clubes, empresas, políticos, turmas, grupos... Em tudo existe uma distribuição de Poder. Em uma empresa, por exemplo, existe o presidente, os diretores e os funcionários. Em um governo, o chefe do governo, seus secretários e demais servidores. Em um clube, o presidente, a diretoria e os associados. Em uma Igreja, o pastor, seus ministros e os fiéis. O Poder é distribuído em vários grupos de pessoas, e depois estas pessoas devem conviver por um tempo com esta distribuição. Até que o Poder mude de mãos...

Já o líder exerce um poder natural sobre as pessoas. Ele seduz, cativa, conquista. As pessoas sempre querem auxiliar o líder, para com ele aprender. Gostam do seu exemplo.

Quando Poder e Liderança se unem, maravilha. Mas quando quem tem Poder não tem Liderança, o resultado é desastroso... 

Se aquele que recebe o Poder não está preparado para exercer uma liderança, agirá de forma equivocada em diversas situações, e o seu grupo poderá perder a identidade. Daí surgem as críticas e a separação interna do grupo...

Pela falta de liderança em um grupo a situação pode virar uma bagunça, e então fica cada vez mais complicado reorganizar a casa. Neste caso, toda a crítica a esta atual bagunça acaba sendo recebida como uma ameaça e o crítico passa a ser um inimigo daquele que tem Poder...

Muitas vezes algo vira uma bagunça porque aquele que teria que colocar ordem na casa é inseguro e precisa de opiniões alheias. Obrigando-se a pensar com base na opinião dos outros, não consegue se organizar. Se aquele que possui o Poder segue desde o início as regras normais do jogo, não precisará, no futuro, justificar suas atitudes como "legais" ou "dentro da lei".

Já o líder nasce líder. É um fato natural...

Outros, ocupam cargos sem o devido preparo. E ocupar cargo não é sinal de liderança. Pode ser, outrossim, sinal de poder, que deveria se manifestar pela conquista dos "seus" ao invés de se manifestar, em muitos casos, pela prepotência...

O líder dá o exemplo. Levanta-se e vai. Todos sabem quem é o líder e querem ir com ele...

Já aquele que ocupa cargo sem a devida liderança não consegue dar o exemplo, cria mistério sobre suas atitudes e ao invés de levantar-se e ir, ele pergunta: "posso ir?"

Das minhas leituras da madrugada: 
"Se quiser por a prova o caráter de um homem, dê-lhe poder"
Abraham Lincoln



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/04/2015   |
13/04/2015   |
13/04/2015   |
27/03/2015   |
20/03/2015   |
13/03/2015   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS