Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

HSVP deve continuar como Centro de Referência em Oftalmologia para 21 municípios da 14ª CRS

04/04/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Serviço de oftalmologia de Santa Rosa deve atender apenas a população daquele município

Para fazer com que o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Três de Maio não perca sua referência nos serviços de oftalmologia, foi realizada reunião com o objetivo de resolver o impasse criado entre a demanda do HSVP e a busca da clínica santa-rosense Ocular Center por mais espaço como referência nesta área, o que pode fazer com que o Hospital três-maiense perca capacidade de captação de recursos.

Reunidos na terça-feira, dia 25, o diretor do HSVP, Altair Copatti, diretor do Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial da Secretaria de Estado da Saúde, Marcos Antônio de Oliveira Lobato, deputado estadual Jeferson Fernandes (PT), representante da 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, Gislaine Mella e coordenador adjunto, Ademar Olsson, debateram sobre a situação envolvendo as instituições.

Segundo Copatti, o serviço do HSVP é completo, com mais de R$ 1,3 milhão investidos na compra de equipamentos oftalmológicos, sendo que a única dificuldade encontrada atualmente é fazer com que profissionais oftalmologistas permaneçam no Hospital. Lobato disse que, pelo tamanho de Santa Rosa, é natural que suas demandas sejam consideradas, porém, se houver impasse, a preferência é da instituição filantrópica (a Clínica Ocular Center é particular).   
Uma das soluções propostas pelo diretor Marcos Lobato foi que os serviços de oftalmologia de Santa Rosa fiquem restritos à população local, o que não implicaria em déficit de atendimento para o HSVP. A proposta foi bem recebida por Copatti, que considera esta uma boa alternativa para o Hospital São Vicente.

Contando com número de 700 consultas de oftalmologia por mês, o HSVP ainda precisa cumprir com a quantidade de consultas contratada no plano operativo, que é de um mil consultas mensais, porém, segundo a assessoria do HSVP, a instituição deve seguir sendo referência regional em oftalmologia na 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, sendo que a proposta que está sendo trabalhada atualmente é a de que Santa Rosa preste os referidos serviços de forma local (somente para sua própria população), enquanto Três de Maio teria abrangência nos 21 municípios da 14ª CRS, exceto em Santa Rosa.  

FOTO: DIVULGAÇÃO



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

24/11/2017   |
04/08/2017   |
02/06/2017   |
19/05/2017   |
13/04/2017   |
10/04/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS