Segunda-feira, 23 de setembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1575
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

25/04/2014 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
ENTRA ANO e sai ano e os municípios sempre na maior pindaíba. Mais uma vez os prefeitos se mobilizam em nível nacional tentando sensibilizar o Governo Federal a mandar mais recursos. Ao longo dos anos o que tem se notado é a indiferença  do Governo para as necessidades do municípios. Era de se supor que os prefeitos que vivem diretamente em contato com o cidadão , ou seja, o eleitor, pudessem usar essa proximidade em seu favor. Não conseguem. O Governo só abre os cofres para grandes eventos, como a Copa do Mundo, que passa ao largo  do povão. Mas aí tem o Bolsa Família.

SICREDI dando show de organização e prestígio junto ao seu associado . Nenhuma instituição cooperativa consegue mobilizar  tanto  o seu quadro associativo. Para reunir mais de 11 mil associados em assembleias, tem que ter café no bule. Resultado de uma gestão clara e transparente. Chancelada pelos associados.

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS e inclusive a região, ganharam projeção nacional nunca vista e imaginada. È claro, por uma fato negativo, o odioso assassinato  do garoto Bernardo. O Fato é chocante ,merece atenção e deve ser notícia. Mas teve uma grande dose de sensacionalismo.  Muito dificilmente, por mais positivo que fosse, um fato  teria tamanha repercussão .  Do que se deduz que a mídia  vive e se alimenta de fatos negativos. Especialmente de tragédias, infelizmente.

COM EXPECTATIVA de  atrair cerca de 200 mil visitantes, começa hoje, em Santa Rosa, a 20ª  FENASOJA. É o maior evento do agronegócio da região . Vai de 25 de abril a 4 de maio. Dez dias de  festa e negócios. Em Três de Maio , cercada de grande  expectativa e otimismo, ocorreu quarta-feira o lançamento da Exporterneira 2014.

UM DOS PROBLEMAS crônicos das municipalidades é o recolhimento do lixo doméstico e de entulhos. O serviço, em alguns poucos momentos, funciona  relativamente bem, mas, na maioria da vezes, não, e a comunidade reclama.  A solução do problema passa necessariamente pelo aumento da taxa de recolhimento do lixo doméstico e pela terceirização de ambos. Caso contrário, esse serviço essencial nunca funcionará a contento.

EM TRÊS DE MAIO a taxa anual de  recolhimento   de lixo é de 24 reais . Isso é uma piada. Temos que  reconhecer que  esse é um valor insignificante. Ter o lixo que produzimos, e não pouco, recolhido  na porta de casa, ao custo de 2 reais por mês. É preciso no mínimo  dobrar  esse valor. Aí então poderíamos exigir um serviço de qualidade. Da mesma forma com os entulhos, cada morador pagar pelo que produz. Garanto que acabaria com a farra de alguns, que a  cada semana produzem um caminhão  de galhos e  entulhos.

BOM FINAL DE SEMANA  uma boa pescaria, ao som do cantor argentino Piero...




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS