Sábado, 23 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

02/05/2014 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  A DESUMANIDADE  -  Não precisamos voltar às cavernas,  para assistir horrores. Não precisamos recuar para a Idade Média,  para vermos seres humanos queimados vivos. Não precisamos recuar para a Guerra Mundial,  para vermos a prática desumana da trucidação pela bomba atômica. Em pleno século XXI, ainda no seu início, assistimos todos os dias fatos horrorosos. São dezenas de casos todos os dias, em que o ser humano mostra o seu aprimoramento na prática da maldade. São homicídios, matricídios, patricídios, fratricídios e  infanticídios todos os dias por toda parte. O pai mata o filho. A mãe mata a filha. O filho mata o pai. A filha mata a mãe. O irmão mata o irmão - a síndrome bíblica de Caim e Abel. O pai e a madrasta assassinam o filho por nonadas. Puro interesse financeiro. É o homem que extraviou os princípios sadios da convivência pacífica no lar e na comunidade. Deus saiu da face da terra e se ocultou no alto dos céus, onde muitos não o enxergam.  Quem sabe com a canonização de dois Papas: São João Paulo II e São João XXIII, as coisas tomem outros rumos na descontrolada humanidade. 

FRASES PARA ANOTAR:

1 - "MENSALÃO TEVE DECISÃO POLÍTICA" Ex-presidente Lula.
2 - "ACHO QUE ESTOU POR BAIXO NO PMDB". Senador Pedro Simon.
3 - E disse mais: "NÃO BASTA TER UM NOME". A política, como veem, é ingrata. E quem diz o que quer, ouve o que não quer. Essa calha bem para o Lula.
 
ENERGIA ELÉTRICA  -
Além do anunciado aumento de até 30% da energia elétrica, também está causando alvoroço o baixo nível das hidrelétricas. Se não chover forte nos próximos tempos, pode haver cortes.

DESONERAÇÃO  -
Com certeza, o expediente da desoneração fiscal usado pelo governo em anos anteriores, não voltará a ser adotado. Foi uma experiência muito infeliz.

BAGUNÇA - Muitos cidadãos três-maienses, principalmente, as pessoas de mais idade,  se queixam da bagunça que reina nas ruas e nas casas de espetáculos nos finais de semana. É som alto, pegas nas ruas, bebedeiras, gritaria, lixo esparramado pelas ruas e calçadas. Bagunça generalizada. Ninguém é obrigado a tolerar a farra dos outros, sobretudo, quem paga altos tributos. Precisa, urgentemente, vir a lume um programa que dê uma nova ordenação a tudo isso. A cultura está tirando uma suspensão temporária de atividades.

MAIS IMPOSTOS  -  Os tributos ardem no couro do cidadão, principalmente, quando não têm retorno. No País o avanço dos impostos arrecadados em março passado foi de 2,5%,  em relação a março de 2013. E, no Rio Grande do Sul, em março último, a arrecadação superou em 12,7% a arrecadação de março do ano passado. E o Imposto de Renda cada vez mais salgado.

MAIS UMA MÃOZINHA  -  O governo vai dar mais uma mãozinha às montadoras, ao que parece. Está em estudos não nova exoneração fiscal, mas mais prazo para pagar. Cada vez mais carros e menos estradas.

PAC 2 ATRASADO  -  Ninguém mais duvida que a pindaíba atacou os cofres da União. Só 10,2% das ações do PAC2 estão concluídas no Estado. No País, dos 49.905 empreendimentos catalogados apenas 12% foram concluídos, até agora. Ao que parece, até o encerramento do mandato da presidente Dilma Rousseff, ficará um elevado passivo de obras do PAC2. Enquanto isso, a prefeitura municipal de Três de Maio recebeu o prometido caminhão-caçamba trucado do PAC2.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/03/2019   |
08/03/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |
15/02/2019   |
08/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS