Domingo, 25 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

O sonho da maternidade

09/05/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
A tarefa mais  difícil e mais prazerosa do mundo
Ser mãe!

O crédito é para elas, sem dúvida ou contestação. Não há Ser que se doe mais do que as mães ou que consiga realizar tantas tarefas ao mesmo tempo em apenas 24 horas do dia.
E não é só isso, é mais, porque, em se tratando de mãe, o minimizar existe apenas para os problemas, pois, na maioria das vezes, peca-se por excesso: de amor, carinho,
cuidado, zelo...
E só quem já é mãe entende esse universo mágico e não o troca por nada...  Ditos populares como "Ser mãe é padecer no paraíso" ou "Não há amor como o de mãe" confirmam outro que diz que "Deus não pode estar em todos  os lugares e por isso fez as mães".
Conheça diferentes histórias de mães. Ayres Benedetti Cassol, 90 anos, mãe de onze filhos, criados sem os avanços da tecnologia; Juliana Rafaela Telka de Mattos, 30 anos, que teve que recorrer aos avanços da medicina para realizar o desejo de ser mãe e  a história
das irmãs Adriana e Silvana Fernandes, que mesmo sem planejar, descobriram que estavam grávidas com poucos dias de diferença.  Outra reportagem, fala sobre os avanços tecnológicos que auxiliam as mães nas tarefas diárias, e sobre a tristeza toma conta dos pais, principalmente da mãe,  quando os filhos deixam o lar.



Um desejo, dois presentes...

Juliana Rafaela Telka de Mattos, 30 anos, quando casou há cinco com André Luis de Mattos, 28 anos, tinha o mesmo sonho que a grande maioria das mulheres: constituir uma família. Nos primeiros três anos de união, enquanto apenas curtia a nova vida de casada, não fazia ideia do que lhe aguardava. Quando iniciaram as tentativas de gravidez Juliana se deparou com uma doença que a impediria de gerar filhos naturalmente e partiu para a fertilização in vitro. Apesar de muitos percalços, com muita superação ela trouxe à vida dois tesouros: Francisco e João.




Onze filhos e um segredo:  muito amor
De uma relação de 42 anos mantida com seu primeiro e único namorado, Valentim Cassol (em memória), Ayres Benedetti Cassol teve outros onze grandes amores: Teresinha, Elemar, Milton, Guido (em memória), Hélio, Vicente, Maria de Lurdes, Tarcísio, Ana Inês, Marta e Luís Cesar.
Os filhos, que lhe possibilitaram a experiência de ser avó de 22 netos e bisavó de seis bisnetos, comemoraram em fevereiro deste ano o aniversário de 90 anos da mãe, motivo de orgulho para esta família numerosa, pois, afinal, ser mãe de "um time titular" não é tarefa fácil e pode-se dizer que é necessário ter um "quê de heroína" para dar conta do recado.



Não foi nada combinado.
Talvez, se tivesse sido, não teria dado tão certo

Quando Silvana Fernandes, 29 anos, e seu companheiro Daniel Stahl Santos (41), planejaram a concepção do primeiro filho, a notícia da gravidez chegou rapidinho. A futura mamãe lembra que no início, por mais que desejasse realizar esse sonho, mesmo vendo o exame positivo, a ficha demorou a cair. "Me sentia muito estranha, insegura, lágrimas vindo quando eu menos esperava, mistura de sentimentos. Quando acordava, a primeira coisa que vinha à minha cabeça era "estou grávida", e muitas vezes me perguntava: será que existe esse amor maior de que todas as mães falam? Será que vou amar tanto assim?".

FOTO 1: ALINE WINTER
FOTO 2: FOTO AVENIDA
FOTO 3: ARQUIVO PESSOAL


Confira a matéria completa no jornal impresso


 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/04/2017   |
31/03/2017   |
03/03/2017   |
17/02/2017   |
17/02/2017   |
10/02/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS