Terça-feira, 26 de setembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1476
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Inês Maria Bohn

09/05/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Idade: 52 anos   
Casada com: Lauro Selvino Bohn
Natural de: Boa Vista do Buricá       
Reside em: Três de Maio há 23 anos
Mãe de: Patrícia Daniela (22 anos) e Ana Caroline Bohn (17 anos)
Formação: pós graduada em Gestão de Pessoas pela Setrem
Profissão: bancária
Leia-se: gerente adjunto do Banrisul de São Martinho
Se pudesse mudar de profissão, seria: médica
Jamais poderia trabalhar como: vendedora
O que mais gosta em seu trabalho: a satisfação do cliente
Para que fins faz uso da internet: realização de cursos EAD e pesquisas
Como você se define: persistente e otimista
Que momento da sua vida você escolheria para reviver: todos os momentos são especiais e precisam ser vividos intensamente
E que momento você gostaria de apagar: nenhum, porque todos os momentos, mesmo tristes ou difíceis,  trazem um aprendizado  para a vida, por isso não merecem ser apagados
Qual a lembrança mais marcante da sua infância: jogar bola dentro de casa, na ausência dos pais  
Que habilidade gostaria de ter mas não tem: tocar violão
O melhor conselho que já recebeu: acredite nos seus sonhos, lute por eles, que ninguém lutará por você para torná-los realidade
Um presente que nunca esqueceu: minha primeira boneca
Qual é o seu bem mais precioso: minha família
Programa de fim de semana: me reunir com amigos nas horas de folga e ajudar o marido nos eventos
Qual seu hobby: leitura
Um gosto inusitado: misturar doce e salgado
Um momento marcante: nascimento das filhas
Pratica atividade física: caminhada e pilates
Estilo musical: eclético
Hábito que não abre mão: caminhadas
Um hábito que quer se livrar: roer unhas
Qual a paisagem natural que mais impressiona você: nascer do sol entre as montanhas de neve (Chile)
Projeto de viagem: Europa 
Qual a maior virtude de uma pessoa: honestidade
O que você não tolera: a falsidade
Receita de sucesso: fé e perseverança
O negócio do futuro é: sustentabilidade
Um nome de sucesso: Jesus Cristo
Um sonho de consumo:  viajar para conhecer  novos lugares, outras culturas 
Ponto positivo de sua cidade: hospitalidade
E o negativo: falta de projeto de arborização e passeio público padronizado
Seus aplausos vão para: as pessoas honestas
Nota zero para: impunidade,  imprudência e corrupção
Como você conseguiu conciliar a vida profissional com a maternidade? conciliar a profissão com a maternidade não foi fácil. Quando analiso o tempo que passou, vejo que não consegui dar a atenção que as filhas mereciam, mas, na medida do possível, sempre tentei dar o máximo de carinho e atenção para elas, aproveitando o pouco  tempo que ficávamos juntas para  brincar,  estudar, contar histórias e escutar tudo que tinham para relatar. (Pena: cresceram muito rápido)
 O que mais marcou você como mãe até agora? antes de ser mãe, fui a mais verdadeira amiga e confidente das filhas, escutei  sempre com carinho o que elas tinham para dizer,  dei confiança e abertura a elas,  não recriminei os erros, e hoje posso dizer tudo que aconteceu e acontece elas contam sem receio, sempre buscando uma palavra de conforto  ou um conselho de amiga, antes do conselho de mãe. Disso tenho orgulho, por ter conduzido desta forma o nosso relacionamento.
Uma mensagem para as mães:
Ser mãe é um dom de Deus, é uma oportunidade de amar de corpo e alma.
Ser mãe é sentir a alegria de outro ser,
é ter objetivo na vida, é sentir  que a missão está sendo cumprida.
Ser mãe é ver seu filho crescer no
caminho do Senhor. É sentir que vale
a pena viver, ser mãe.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

22/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |
01/09/2017   |
25/08/2017   |
18/08/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS