Segunda-feira, 23 de setembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1576
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

16/05/2014 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - CRIMES HORRENDOS  -  As páginas de jornais estão cheias de relatos de crimes horrendos. Os noticiários televisivos retratam todos os dias crimes que bradam aos céus. Até parece que a humanidade entrou na era da bestialidade. O ser humano está botando os pés pelas mãos. Muito tem a ver com tanta desumanidade a legislação leniente. A impunidade encoraja os seres dotados de má índole a fabricar crimes por atacado. O ar que se cheira todo dia e toda noite,  todos os dias da semana, do mês e do ano é de pânico. Ninguém mais dorme tranquilo, ou anda despreocupado pelas estradas e avenidas, porque a qualquer momento o cidadão pacífico pode ser assaltado.  A vida do cidadão desarmado está por um fio. Não se sabe mais se aquele cidadão que caminha ao teu lado na calçada estaria bem intencionado, ou se estaria arquitetando alguma falcatrua. "O tempora! o mores!" já dizia a expressão latina. Ó tempos! Ó costumes! Lá longe vão os bons tempos, quando se podia dormir de janela aberta, para respirar o ar fresco da madrugada. Bons tempos aqueles em que se podia caminhar despreocupadamente pelos caminhos e atalhos, sem ser inesperadamente surpreendido por algum facínora.

"SÓ HÁ UM CAMINHO: MELHORIA DE GESTÃO".
A frase é de Jorge Gerdau Johannpeter.

E AGORA ESSA? -
Entre  2005 e 2013, 60 toneladas de medicamentos tiveram que ser descartadas no Estado. Não seria falta de gestão? Isso significa 318 medicamentos comprados com dinheiro público que não foram retirados pelos pacientes. Que baita desperdício!

MAIS BONDADES - Estamos cansados da política clientelista: aquela que sempre aparece em período eleitoral. Infelizmente, lá do alto do Palácio do Planalto, sacos de bondades, ou pacotes de bondades são anunciados pela própria presidente, acenando com benesses. Em recente pronunciamento, quando deveria saudar o trabalhador brasileiro, anunciou o aumento do Bolsa Família em 10%. Acenou também, na oportunidade, com a reforma da tabela do Imposto de Renda da classe média. Agora, os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida, vão pagar a metade do valor da prestação. A Bolsa Estiagem também foi beneficiada. Neste ano vão faltar bolsas.

GRANA PRETA - Anote o custo anual dos parlamentares da esfera federal só em salários: R$ 11.021.236.800,00. O gasto total dos gabinetes dos parlamentares atinge com salários, verbas de gabinete, indenizatórias e benefícios o estupendo volume de R$ 145.000.000.000,00.  Esta grana preta - cento e quarenta e cinco bilhões -  é volume superior do que o destinado aos orçamentos da Saúde e Educação. Não é um vexame?

A PALAVRA COM O MEGAEMPRESÁRIO -
Jorge Gerdau Johannpeter analisa assim:"Temos a pior situação de custo de previdência do País - 56% da folha é para pagar aposentados -  menor índice de investimento em tecnologia e, quando o País não tem novas fronteiras, nem crescimento demográfico, só tem um caminho: tecnologia. O orçamento estadual só investe 0,3% em tecnologia, quando em qualquer lugar é 3%, até 5%". Por isso,"os gaúchos estão felizes, mas por acomodação".

DESVALORIZAÇÃO  -  É de 64% a desvalorização da estatal Petrobras. Tudo resultado de má gestão e corrupção.

SAFRA -  O crescimento da safra 2013-2014  de grãos no Estado foi de 1,6%. Apesar de falta de chuvas pontuais. Se caiu a produtividade, houve expansão da área plantada.         




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/09/2019   |
13/09/2019   |
06/09/2019   |
30/08/2019   |
23/08/2019   |
16/08/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS