Domingo, 23 de setembro de 2018
Ano XXX - Edição 1525
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Novas normas para tuberculose e brucelose bovina

27/06/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Vacinação obrigatória continua para todas as fêmeas bovinas e bubalinas
de três a oito meses de idade

A Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) instituiu novas regulamentações, em âmbito estadual, acerca do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal, visando reduzir o risco de expansão dessas doenças no território gaúcho.

Essas novas regras fazem parte da Instrução Normativa 002/2014, publicada no dia 29 de abril. Segundo informação da Inspetoria de Defesa Agropecuária de Três de Maio, essa Instrução entra em vigor no mês de julho, mais precisamente, a partir do dia 30 de julho.

Vacinação
Segue obrigatória a vacinação de todas as fêmeas bovinas e bubalinas de três a oito meses de idade, não importando o destino (leite, corte ou consumo próprio), sendo que a vacina é custeada pelo proprietário do animal.

É obrigatória a comprovação da vacinação, por meio de atestado, uma vez por semestre, com datas limites de 30 de junho para o primeiro e 30 de dezembro para o segundo semestre, sendo que, a partir de 30 de junho, serão emitidos autos de infração e multa para os detentores de fêmeas que não realizarem a vacina. O valor mínimo de multa é de R$ 887,30. Antes, a regularidade da vacinação deveria ser confirmada no mínimo uma vez por semestre, porém, sem data limite.


Confira a matéria completa no jornal impresso




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

27/07/2018   |
18/05/2018   |
27/04/2018   |
02/03/2018   |
14/07/2017   |
23/06/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS