Segunda-feira, 12 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Como tornar-se milionário?

10/07/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Gustavo Griebler*

Não, isso  não é uma receita. Apenas retrato a minha forma de pensar. Talvez eu nunca fique milionário, nem é um projeto de vida, mas creio que o pensar diferente nos leva a ficar milionário. Por exemplo, o mundo deve ter produzido dois novos milionários recentemente. O apostador de Holanda 5 x 1 Espanha está milionário. Quem poderia imaginar uma coisa dessas? O timaço da Espanha, campeão mundial e vencedor das duas últimas edições da Eurocopa, levar um sacode da Holanda, tri vice-mundial. Da mesma forma, o apostador de Alemanha 7 x 1 Brasil também deve estar contando seu dinheiro em casa neste momento. Um, dois gols até esperamos, mas não a extrapolação disso. 

No instituto em que trabalho, algumas alunas estavam fazendo um bolão do jogo do Brasil contra o México. Cravei dois a zero para o México. Em uma rápida olhada, vi que ninguém fez algo assim, cientes da vitória brasileira. Poderia ser que eu errasse, a probabilidade era grande, mas analisando o histórico recente de brasileiros e mexicanos em enfrentamento direto e a não brilhante estreia brasileira, algo me fez pensar que meu pensamento não seria tão esdrúxulo assim. E nem foi. Um empate beirando a derrota brasileira. Errei também o placar de Brasil e Alemanha. Joguei no zero a zero e no um a um no tempo normal. Fui otimista demais, mas olhando os demais resultados um que outro marcava vitória alemã e, mesmo assim, por placares magros.

Lembro-me que por ocasião da final da Copa de 1998, eu e meus amigos de futsal do colégio fizemos um bolão. Quase todos os números vendidos colocaram goleadas espantosas para a Seleção Brasileira, esquecendo-se que do outro lado estava uma seleção que jogava em casa e que vinha perfeita na competição, acumulando somente um empate até então. Um vizinho apostou no um a zero para a França. Achei estranho aquilo, mas enfim era a opinião dele. Após o jogo, não falou-se mais no bolão, sinal de que ninguém acertara o placar.

Costumo falar para meus alunos que o mundo não nos dá resultados prontos, em um mundo altamente volátil, mas que costuma manter algumas tradições. Não é possível prever muitas coisas, mas sim estimar. O não saber o dia de amanhã pode ser pesaroso e muitas vezes desagradável, mas é assim, o aceite de nossa parte é necessário dessa situação. Quem poderia imaginar há 30 anos atrás que retiraríamos um aparelho do bolso ou da bolsa e sairíamos falando com alguém a quilômetros de nós? Quem poderia imaginar nestes mesmos 30 anos atrás que conseguiríamos fazer compras e acessar o nosso banco pela Internet? E conversar com outra pessoa vendo-a por uma tela? Quem poderia imaginar? A capacidade de prever um futuro incerto é que traz dinheiro para as pessoas, muito dinheiro em algumas ocasiões.

Continuando o assunto Copa, quem poderia imaginar que em um grupo de três campeões mundiais como é o caso de Uruguai, Inglaterra e Itália, somente um passaria de fase, um azarão, retirando um lugar praticamente acertado para um campeão mundial, que foi o caso da Costa Rica? Da mesma maneira, quem poderia imaginar que um time africano, Gana, poderia retirar pontos da Alemanha? Da mesma forma, todos esperavam o hexacampeonato brasileiro, seria o mais óbvio a acreditar no momento, pois as condições estavam conspirando a nosso favor, mas ele não virá agora. Mundo volátil, mundo de incertezas. Difícil de aceitar, mas é a realidade. Quer ficar milionário? Uma aposta nada sensata inicialmente seria colocar a Costa Rica campeã mundial pela primeira vez. Eliminou dois campeões mundiais e um campeão europeu, até cair para a seleção holandesa nos pênaltis, saindo da competição sem perder. Talvez para a próxima Copa estejamos diante de uma candidata ao título que não produzirá nenhum milionário nas bolsas de apostas, pois já terá muitos apostando nela desta vez.

* Mestre em Educação nas Ciências.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

09/11/2018   |
19/10/2018   |
11/10/2018   |
05/10/2018   |
28/09/2018   |
21/09/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS