Terça-feira, 25 de julho de 2017
Ano XXIX - Edição 1467
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Elisabete Andrade

18/07/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Idade: 34 anos
Casada com Gérson Luís Baú Daniel
Natural de: Votorantim/SP    
Reside em Três de Maio desde os 5 anos
Filha de: Antônio Saul Andrade e Elza Simões Andrade
Formação em: Licenciatura Plena em Pedagogia - Setrem. Mestre em Educação nas Ciências pela Unijuí e atualmente em fase de conclusão da Tese de Doutorado sobre Formação Continuada de Professores/as pela Unijuí com 'sanduíche' na
Universidade de Lisboa em Portugal.
Profissão: Professora - Educação Básica e Ensino Superior
Se pudesse mudar de profissão, seria: Psicóloga
Jamais poderia trabalhar como: Contabilista
O que mais gosta em seu trabalho: A possibilidade de aprender e de ensinar.
Para que fins faz uso da internet: Trabalho e contato com amigos/as.
Como você se define: Entendo que não existe uma maneira única e determinada para definir uma pessoa, somos constituídos na e pela relação com os outros. Penso quetemos a possibilidade de nos rever sempre, e isso se deve ao fato de sermos humanos. Uma das características que temos como humanos é justamente ter a capacidade de nos transformar a cada nova aprendizagem e a cada nova experiência. Claro que existem alguns traços de carárter e de personalidade que nos diferenciam uns dos outros, mas nem por isso, seremos para sempre os mesmos. As palavras de Sigmund Freud expressam este entendimento: "Não somos apenas o que pensamos ser. Somos mais; somos também, o que lembramos e aquilo de que nos esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos, os impulsos a que cedemos... "sem querer".
Que momento da sua vida você escolheria para reviver: O período em que tive a oportunidade de residir em Lisboa/Portugal.
E que momento você gostaria de apagar: Nenhum
Qual a lembrança mais marcante da sua infância: A viagem de Votorantim/SP para Três de Maio com minha família quando ainda tinha 5 anos.
Que habilidades gostaria de ter mas não tem: Tocar violão e cantar
O que gostaria de ter sabido antes: Que tudo passa...tudo passará
O melhor conselho que já recebeu: Quando me disseram para ter paciência porque tudo acontece ao seu tempo.
Um presente que nunca esqueceu: Quando ganhei minha primeira bicicleta
Qual é o seu bem mais precioso: A família e os amigos/as
Programa de fim de semana: Dormir, ouvir música...
Qual seu hobby: Ler
Um gosto inusitado: Pimenta
Um momento marcante: Um dos momentos marcantes foi quando fui contemplada com a bolsa de pesquisa da CAPES do Programa Doutorado Sanduíche no Exterior amparado pelo Ministério da Educação do Brasil em parceria com Universidades estrangeiras.
Tive a oportunidade de estudar na Universidade de Lisboa em Portugal, fazer grandes amigas e amigos, além de poder viajar e conhecer outros países, como: Grécia, Turquia, Bélgica, Holanda, Dinamarca, França, Suiça, Itália, Inglaterra e Espanha.
Time que torce: Grêmio Futebol Clube
Pratica atividade física: Gosto de correr
Estilo musical: Pop Rock, MPB...Gosto de música de modo geral porque emociona, alegra, sensibiliza.
Hábito que não abre mão: Estudar
Um hábito que quer se livrar: Preguiça de praticar atividade física
Qual a paisagem natural que mais impressiona você: Todas as paisagens naturais me impressionam pela delicadeza e pela imponência.
Projeto de viagem: Adoro viajar... seja para onde for... mas um projeto é o de conhecer os países asiáticos e o Continente Africano.
Qual a maior virtude de uma pessoa: Honestidade
O que você não tolera: Falsidade
Receita de sucesso: Trabalhar, estudar e persistir
Um nome de sucesso: Os intelectuais, de modo geral, são nomes de sucesso.
Participa  de um clube de serviços: Atualmente participo da Casa da Amizade, em Três de Maio.
Um sonho de consumo: Viajar
Ponto positivo de sua cidade: A tranquilidade
E o negativo: Falta de atrativos culturais (cinema, museus, teatro, dança,  arte de modo geral)
Seus aplausos vão para: Meus pais e a todas as pessoas que em meio a tantas a diversidades que o fato de estar vivo sugere, conseguem dar conta de suas vidas de forma honesta, com humildade e simplicidade.
Nota zero para: A corrupção e a violência de todos os gêneros. 



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

21/07/2017   |
14/07/2017   |
07/07/2017   |
30/06/2017   |
30/06/2017   |
23/06/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS