Quarta-feira, 19 de dezembro de 2018
Ano XXX - Edição 1538
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Clima colabora para o bom desenvolvimento do trigo

31/08/2012 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Os produtores que buscam uma colheita satisfatória precisam estar de olho na lavoura. Fazer o manejo adequado em todas as épocas é fundamental. O clima tem colaborado para o desenvolvimento das plantações, que são considerados bons, segundo a Empresa Brasileira de Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater/RS).
 Neste ano a área teve um acréscimo de 4,7%, chegando a 976,2 mil hectares para o plantio da cultura, conforme levantamento, no início do mês, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Até o momento 88% dá área está em germinação, 10% em floração e 2% em fase de enchimento de grãos o que coloca a atual safra dentro da média dos últimos cinco anos.
Segundo a Emater/RS as condições meteorológicas registradas nos últimos dias têm colaborado com o desenvolvimento. As precipitações têm sido suficientes para manter a umidade em níveis aceitáveis à cultura.
Em Três de Maio, segundo o chefe da Emater local, Nelci Ângelo Recalcati a cultura esta na fase de floração e espigamento. "A plantação está com excelente aspecto e bom potencial de produção". No período continuaram as práticas culturais de controle de inços e aplicações fúngicas.
Em relação às doenças e pragas, Nelci informou que estas sempre acontecem, mas resta ao produtor estar atento para realizar controle com os produtos específicos. "Para o controle de ferrugem e outras doenças a recomendação é que seja feito preventivamente, antes do aparecimento delas, isto porque após a infestação a cultura já apresentará perdas de potencial de produção. Este tratamento é feito com fungicidas recomendado para cultura".
Uma doença que pode aparecer especialmente neste período, segundo Nelci, é a giberela.  Na fase do florescimento a planta fica suscetível ao fungo e no espigamento ele se instala. Esta chega afetar os grãos apresentando-se chochos, enrugados e despigmentos. A ocorrência de giberela depende de precipitações pluviais elevadas, ou seja, dias consecutivos de chuva e com temperatura entre 20 e 24°C, típica de primavera.

Preço
O valor pago a saca de 60kg tem aumentando constantemente nas últimas semanas. Esta semana o preço ficou em torno de R$ 27,00 a saca.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

14/12/2018   |
28/09/2018   |
27/07/2018   |
18/05/2018   |
27/04/2018   |
02/03/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS