Terça-feira, 24 de setembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1576
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Click Social

22/08/2014 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
"O exemplo grita mais do que as palavras, não traia suas palavras com ações".    
 Augusto Cury

Franjas em alta
As franjas estão por toda parte, inclusive no rosto das celebridades brasileiras e internacionais. Anne Hathaway, Emma Stone, Sabrina Sato e Reese Whiterspoon são algumas das adeptas desse estilo. Porém, não é todo tipo de franja que funciona para todo mundo. Tipo de cabelo, formato de rosto e traços são algumas das questões que podem influenciar.

 "O mais importante é não escolher uma franja só porque está na moda, ou achou que ficou bem em outra pessoa, pois às vezes esse estilo não é adequado para você. A dica da coluna é: Siga sempre a orientação de seu cabeleireiro (a) de confiança".

A franja também exige cuidados especiais. "Elas também pedem um corte a cada 15 dias para que fiquem sempre bonitas, com a leveza e movimento que merecem". Não há nenhuma grande restrição para usar franja. Mesmo quem usa óculos ou não tem cabelo liso pode usá-la desde que escolha um estilo apropriado.

Perfume e mulheres
A velha piadinha "vou ali passar perfume para tirar esta foto" pode não estar  totalmente errada, já que usar um bom perfume não deixa a mulher apenas cheirosa, mas também com o rosto mais bonito, além de mais atraente aos olhos das outras pessoas, segundo apontou um recente estudo do Monell Chemical Senses Center. Isso porque foi descoberto que a percepção da beleza facial está mais relacionada às emoções do que a questões racionais.

"A agradabilidade do cheiro e a atração facial são valores emocionais que andam juntos. Isso pode indicar que passam por um processo comum no cérebro", explica Janina Seubert, neurocientista responsável pela pesquisa.



Moda praia: a tendência que estará em alta na moda praia 2014/2015 será o  biquíni hot paint. Além de bonito e deixar a mulher mais elegante, favorece aquelas que não estão em dia com o corpo, já que disfarça barriguinha e esconde as indesejadas gorduras localizadas, além de dar uma
alongada na silhueta. Fica a dica.



Infelizmente
Cinco mulheres são espancadas no Brasil a cada dois minutos e, em muitos desses casos, o desfecho é trágico. A pesquisa "Mulheres brasileiras" constatou que 11,5 milhões de mulheres já sofreram tapas e empurrões;
9,3 milhões foram ameaçadas de surra;
6,5 milhões relatam que o agressor quebrou pertences ou rasgou roupas; e 4,3 milhões relatam que o agressor usou armas de fogo ou faca para ameaçar.
Fonte: pesquisa da fundação Perseu Abramo.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/09/2019   |
13/09/2019   |
06/09/2019   |
30/08/2019   |
23/08/2019   |
16/08/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS