Segunda-feira, 12 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A busca pelo envelhecimento saudável

28/08/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Gabriela Griebler*

O processo de envelhecimento inicia desde a fase quando o indivíduo nasce até a morte! Pasmem, estamos em constante envelhecimento. Seguindo o princípio da individualidade biológica, cada ser humano reage diferente nas situações que somos submetidos no cotidiano, cada corpo é um corpo e não pode ser generalizado. Por uma dessas causas que cada pessoa reage de uma forma diante do processo de envelhecimento.

Há muitas variáveis envolvidas nesse longo processo, sendo que a aptidão física está muito evidente em se tratando do assunto. Há indivíduos idosos que realizam suas atividades diárias sozinhos, mas também há outros que dependem até para levantar da cama. Esse processo é muito relativo, pois dependerá de como foi a saúde do idoso anteriormente, ativo ou não, por exemplo. O idoso responde lentamente aos estímulos, devido uma deterioração nos mecanismos fisiológicos, por alguns desses motivos que a qualidade funcional dos movimentos é afetada.

A maioria da população tem receio em envelhecer, mas é um fato irreversível e deve se trabalhado para ocorrer com saúde, deixando de ser um preconceito pregado pela população. Por experiências já ditas, é uma fase muito boa e prazerosa, ocorrendo de forma natural. Mas o que podemos fazer para retardar o processo? Não é novidade para ninguém e não há segredo que uma alimentação equilibrada, a prática de exercícios físicos regulares e evitar muita exposição ao sol são os principais pilares milagrosos para se sentir bem e ter saúde na velhice.

Muitos acontecimentos são inevitáveis nessa nova etapa de vida, citando alguns como a perda de fibras do tipo II e diminuição do potencial anaeróbio, causando um desequilíbrio nos sistemas, sendo percebido com a prática de exercícios físicos. Por isso é essencial manter uma personalidade ativa, adaptar a atividade física à sua vida, para quando chegar a maturidade nos apresentarmos com saúde mental e física.

O corpo social é entendido como corpo biológico. Devemos nos preparar para qualquer ação que venha a ocorrer e para não adoecer antes do tempo previsto. O potencial imunológico torna o corpo mais vulnerável às enfermidades, portanto, fazer uma adaptação feliz à velhice é essencial! Se dedicar aos trabalhos manuais, sair com as amigas, tomar chimarrão com a vizinha, fazer a caminhada diária, ou seja, ter um tempo livre para cuidar da mente também são receitas para o envelhecimento saudável. Não devemos ter medo de ficarmos velhos e sim de ficarmos doentes. A grande maioria das pessoas tem esse conceito que perdura até hoje. "Envelhecer é sinônimo de doença". Só será realidade no momento em que você não tiver um tempo para cuidar de si mesmo, e fazer o que te dá mais prazer.

Hoje a porcentagem de envelhecimento é muito mais evidente que do nascimento, há menos pessoas nascendo! Por isso que investir no público idoso para ajudá-los a recuperar ou fortalecer mais a saúde é um bom plano de negócio. Muitos idosos são desvalorizados pela pouca capacidade de produção, são dependentes, inseguros e não trabalham. Esse conceito está caindo do mercado, pois a inteligência prevalece nesses casos reversíveis.

Muitos filhos ou até mesmo os próprios idosos procuram centros de treinamento, para se movimentar e fortalecer a musculatura. Para potencializar o condicionamento desses atletas da vida real, uma ação interessante é simular situações que ocorrem durante o dia para prepará-los quando precisam pegar algum objeto que caiu no chão, pegar uma mala do carro e até mesmo levantar de uma cadeira. Como percebemos não há segredo e sim soluções!  E com todas essas informações disponíveis, hoje é uma solução para prevenir e até auxiliar no tratamento de muitas patologias.

Como já dito, o processo do envelhecimento é imutável, é um meio natural que o indivíduo vai se encontrar e, consequentemente, deverá se adaptar às mudanças fisiológicas. Não é considerado ciência, pois é um processo irreversível e inegável. Para seguir um padrão de resultado, é essencial acima de tudo respeitar o avanço da idade vindo com suas limitações, para com o tempo se adaptar e cuidar melhor ainda da sua saúde.

*Acadêmica do 8º semestre de Educação Física da Unijuí, Ijuí



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

09/11/2018   |
19/10/2018   |
11/10/2018   |
05/10/2018   |
28/09/2018   |
21/09/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS