Domingo, 25 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Intimidade feminina

05/09/2014 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
Gisa Pyl, formada em estética, tem 57 anos, reside na cidade de Cascavel, Paraná. No currículo, mais de 300 cursos e palestras sobre a "Intimidade Feminina". Nas palestras, ela aborda saúde, comportamento, relacionamentos, autoestima, sensualidade e sexualidade.  Segundo Gisa, o objetivo do seu trabalho é resgatar o universo feminino de uma forma madura e responsável. Em parceria com a loja Beleza Íntima, Gisa Pyl estará palestrando na próxima quinta-feira, dia 11, na AABB de Três de Maio. Ingressos e mais informações na loja Beleza Íntima, ou pelo telefone 3535-2123 ou 9661-8486.

Como são suas palestras?
Minhas palestras são educativas, bem humoradas, com uma proposta para cada uma dentro do seu universo o de ser mais resolvida.

A mulher está se valorizando mais?
Sim, e ao mesmo tempo não. Que contrassenso não é
mesmo?

Como assim?
Ao mesmo tempo que avançamos, em muitos aspectos,  nos reformulamos, evoluímos, mais tem alguns aspectos que pecamos.
Às vezes competimos com o homem, em vez de admirá-los, muitas vezes medimos força, e aí está o nosso enrosco, cada um no seu contexto, cada um com sua função, devemos nos unir, trocar, compartilhar e admirar.

Quais as queixas mais comuns das mulheres?
Uma bem comum, é falta de companheirismo, de atenção, falta de orgasmos. Às vezes a mulher não conhece o próprio corpo, e por aí vai.

Como a mulher pode usar a sedução a seu favor?
A mulher resolvida usa isto de uma forma natural, sensualidade tem haver com autoestima, autoconhecimento, postura, vaidade, higiene. A sensualidade também está intrínseca no nosso comportamento, a mulher sensual pode ser carinhosa, romântica, acolhedora. Muitas vezes atribuímos ser sensual com beleza física e, no meu ponto de vista, ser sensual é mais que um corpo ou um rosto bonito.

Algumas mulheres estão presas a alguns preconceitos, como se livrar?
Sim, muitas mulheres transferem seu comodismo ou sua falta de interesse em mudanças pela educação que tiveram, a cultura, e acho que isto não combina mais com nossa performance, precisamos ter mais atitude.
A proposta do meu curso visa isto, derrubar preconceitos, tabus, barreiras que impedem a nossa evolução.
É claro que não precisamos banalizar nossa sensualidade e sexualidade, mais também  não reprimir,  existe o equilíbrio.

Como ser sensual sem cair na vulgaridade?
Ser sensual para mim é ser ousada, resolvida, equilibrada, usar de uma maneira madura, responsável e objetiva.
Ser vulgar é não ter um estilo, nem personalidade, é aquela pessoa que exagera em tudo, nas roupas, no comportamento. Uma é ser ousada para quem e com quem, outra é ser atirada, é querer chamar a atenção a qualquer preço. A pessoa sensual sabe o que quer e sabe se comportar, a vulgar é deslocada.
 
Existe alguma técnica para a libido vir à tona?
Com certeza, várias. Nesta palestra são passadas técnicas que vão do físico ao emocional, muitas dicas que a mulher pode repaginar mesmo.

Como despertar o maior interesse do(a) parceiro(a) na cama?
Um dos pontos que eu acho fundamental é saber o que quer, se conhecer, poder transmitir o que gosta e ouvir do parceiro o que ele gosta. Homem gosta de mulher resolvida. E, com isto, os dois podem tirar maior proveito dos momentos juntos.

Em quatro paredes vale tudo?
No meu parecer sim, desde que seja consensual. Entre duas pessoas que se amam, que se entregam, vale tudo. Um se preocupa com o bem estar do outro, pois o ápice da relação está em dar e receber prazer.

Os sex shops são um grande aliado para a relação?
Sim.

Com o tempo o casamento ou a relação pode cair na monotonia? Como apimentar?
O ideal é evitar cair na rotina, estar "antenados(as)".  Relacionamento tem que ter investimento, e muitos casais esquecem-se de investir, muitas vezes, e acomodam-se. Outras, em vez de trocar carinhos, sexo maduro, trocam acusações, vivem em conflitos, valorizam picuinhas em vez de enxergar o melhor ou as qualidades, enxergam o pior e os defeitos no outro(a). Apimentar é incrementar, ser romântico(a), carinhoso (a), ter atitude para ser e fazer o outro mais feliz, não ficar acomodado(a).

Como o parceiro pode ajudar a mulher a ser mais feliz e realizada na cama?
O parceiro pode ser atencioso, elogiar, ser carinhoso. O gesto dele no dia a dia irá culminar na cama. Ele deve ajudá-la, sem criticá-la nas suas dificuldades. Mas, o que observo é que muitos homens fazem isto e, muitas vezes, algumas mulheres não conseguem se soltar. Normalmente, o homem é mais pronto e resolvido na sua sexualidade, e muitas mulheres ao contrário, boicotam o parceiro e se boicotam. Penso que nada como um bom diálogo para resolver as diferenças.

O que não pode faltar em uma relação?
Cumplicidade e criatividade.

Quais suas ponderações finais aos nossos(as) leitores(as)?
Mulheres de Três de Maio e região, aproveitem esta oportunidade que a Loja Beleza Íntima está proporcionando. O momento é único, exclusivo para todas vocês se enxergarem como um ser sensual, importante, e único. Como  poderosas que são, independente de idade, peso, altura, nível social, cultural, casadas, solteiras, não importa, você é perfeita e tem valor. O que importa é querer ser mais feliz e resolvida. Um beijo no coração de todas.
Aguardo vocês!





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

16/06/2017   |
09/06/2017   |
02/06/2017   |
26/05/2017   |
19/05/2017   |
12/05/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS