Terça-feira, 17 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Fumo ainda causa mais de 200 mil mortes por ano no Brasil

05/09/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Considerada uma droga poderosa, a nicotina demora apenas sete segundos para atuar no sistema nervoso central, causando a dependência

O consumo de cigarros é a mais devastadora causa evitável de doenças e mortes prematuras da história. Hoje, o tabagismo representa um dos mais graves problemas de saúde pública configurando-se numa epidemia que compromete, não só a saúde da população, como também a economia do país e o meio ambiente.

Segundo o doutor em Cardiologia Nabil Ghorayeb, em relação à saúde pode-se afirmar que o tabagismo causa mais mortes prematuras no mundo do que a soma de mortes provocadas por Aids, cocaína, heroína, álcool, acidentes de trânsito, incêndios e suicídios. O cardiologista revela que o tabagismo é um dos principais fatores determinantes das duas maiores causas de morte por doenças no mundo e no Brasil: doenças cardiovasculares e câncer. 

O cigarro está associado a 30% das mortes por câncer,
90% das mortes por câncer de pulmão,
25%
das mortes por doença das artérias coronárias (infarto do miocárdio),
85% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica,
25% das mortes por doença cerebrovascular (derrame),
dentre outras.


20 milhões são dependentes do tabaco no país

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Brasil registrou, nos últimos anos, uma redução de 28% no número de fumantes. Entre os jovens, a queda foi ainda maior e chegou aos 45%.  Entretanto, cerca de 20 milhões de pessoas são dependentes do tabaco, droga que mata 1 pessoa a cada 6 segundos no mundo.

No Dia nacional de Combate ao Fumo, especialistas reforçam que o cigarro segue como um grave problema de saúde pública. "Centenas de novas substâncias psicoativas, cada vez mais potentes, surgiram nos últimos quatro anos. No entanto, o cigarro é a droga que mais mata", alerta o psiquiatra Leonardo Paim.

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), o fumo é responsável por mais de 200 mil mortes por ano no Brasil.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Confira a matéria completa no jornal impresso






Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

04/08/2017   |
02/06/2017   |
19/05/2017   |
13/04/2017   |
10/04/2017   |
24/03/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS