Quinta-feira, 29 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Escolas de Três de Maio superam meta do IDEB

19/09/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Avaliação mostra melhora nas escolas públicas de Três de Maio

Índice de Desenvolvimento da Educação Básica apontou que o Ensino Municipal
e duas escolas estaduais melhoraram na avaliação

Em Três de Maio, as Escolas Municipais de Ensino Fundamental registraram aumento nos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) recolhidos em 2013, e divulgados no dia 5 de setembro, pelo Ministério da Educação (MEC). Nos Anos Iniciais, o índice aumentou de 5,2, em 2011 para 6,3, em 2013, atingindo a meta projetada para 2017. Já nos Anos Finais o índice aumentou de 4,3, em 2011, para 4,6 em 2013, ultrapassando a meta de 4,1.

Na rede estadual, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, a E.E.E.M Castelo Branco já ultrapassou a meta para 2015 de 6,1, obtendo 6.2 pontos, ficando assim acima da média projetada para esta etapa que era de 5,8. O Instituto Estadual de Educação (IEE) Cardeal Pacelli ultrapassou a meta para 2013, de 6 pontuando 6,1. Em referência aos Anos Finais do Ensino Fundamental, a E.E.E.M Castelo Branco obteve 4,4, alcançando a meta para 2013.

Segundo o secretário de Educação, Cultura e Esporte de Três de Maio, Ernani Moreira Rehn, o indicador é divulgado a cada dois anos e tem metas projetadas até 2021, quando a expectativa para os anos iniciais da rede é que chegue a uma nota 6,8. "Estamos trabalhando para que o ensino melhore cada vez mais e parabenizamos as direções e professores das nossas escolas pelo resultado alcançado", destaca.

Em Três de Maio, 143 professores atuam na rede municipal de ensino, atendendo 1488 alunos. Já nas escolas da rede estadual que atingiram a meta do IDEB, a E.E.E.M Castelo Branco conta com o total de 600 alunos e 52 professores. Destes, 320 alunos e 22 professores são do Ensino Fundamental. O IEE Cardeal Pacelli possui 1000 alunos e 78 professores, sendo 371 alunos e 29 professores do Ensino Fundamental.

Vale destacar que nos Anos Finais, ao analisar o indicador relacionado ao resultado da prova, o Rio Grande do Sul atingiu o 2º lugar no país (Nota 5,07). Já nos Anos Iniciais, alcançou a meta estabelecida pelo MEC para o ano de 2015. No país foram ultrapassadas as metas previstas para os Anos Iniciais. Em 2013, obteve 5,2, enquanto, em 2011, havia sido de 5 pontos. Nos Anos Finais, o índice nacional cresceu de 4,1 em 2011, para 4,2 pontos em 2013.

FOTO: SANDRO RAMBO

Confira a matéria completa no jornal impresso







Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/09/2016   |
05/02/2016   |
04/12/2015   |
30/10/2015   |
19/06/2015   |
05/06/2015   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS