Domingo, 25 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Galpão do Tatu Peludo: integração entre Polícia Civil e a comunidade

19/09/2014 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Ao lado da Delegacia de Polícia Civil em Três de Maio, um galpão nos moldes gaudérios chama a atenção de quem passa nas proximidades. O Galpão do Tatu Peludo tem esse nome curioso porque, certa vez, foi encontrado um tatu morto no local, que posteriormente foi empalhado e permanece até hoje no interior da sede.

   O ano de fundação foi 1997. A construção foi encabeçada pelo então delegado da Polícia Civil, Clovis Rodrigues de Souza e um grande grupo de amigos.

   Atualmente participam do grupo em torno de 30 integrantes, entre policiais civis, amigos e convidados. O atual patrão é o policial civil Jones Ceccon. As gestões duram dois anos.
A sede é própria e tem capacidade para cerca de 80 pessoas. As reuniões do grupo se realizam todas as terças-feiras.

   Segundo Ceccon, o Galpão Tatu Peludo tem por objetivo a integração da Polícia Civil com a comunidade, além de fortalecer os laços de amizade e companheirismo de seus participantes.

Galpão Tatu Peludo fica ao lado da Delegacia de Polícia Civil de Três de Maio
e na Semana Farroupilha é assado o tradicional costelão


FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Confira a matéria completa no jornal impresso




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/04/2017   |
31/03/2017   |
03/03/2017   |
17/02/2017   |
17/02/2017   |
10/02/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS