Sexta-feira, 22 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

06/09/2012 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - QUE LÁSTIMA  - É profundamente lamentável. Refiro-me ao que está acontecendo com o mau uso da Língua Portuguesa nos programas de rádio e televisão da campanha eleitoral. São candidatos de péssima qualidade. E pior preparo cultural. Não esperem que esteja falando mal dos candidatos locais. Refiro-me a candidatos da capital e outras cidades. Ninguém espera um primor linguístico. Aliás, há quem odeia quem fala e escreve corretamente. Aquela de trocar "trofel" por troféu foi o ponto culminante da falta de paladar linguístico. Havia nos tempos idos um causídico que sabiamente dizia:"Quem não tem competência que não se estabeleça". Concordo. Cada um na sua. Só que alguém pleitear uma cadeira no Legislativo e  atravessar o samba da Última Flor do Lácio, não está com nada.
IMPRESSIONA O TAMANHO DAS MISTIFICAÇÕES NESTA CAMPANHA ELEITORAL.
PERDIDOS  - Ao que parece os economistas ortodoxos estão perdidos na névoa de uma nova crise de abrangência mundial. É que os princípios do tempo de Keynes mudaram.
NÃO HÁ DINHEIRO  - Dizem que não há dinheiro para Educação, Saúde e nem para infraestrutura. Mas recentemente foi importado da França um helicóptero sofisticado de última geração para uso da presidente no valor de R$ 75 milhões. E mais um do mesmo tipo de reserva. Serão importados mais 48 helicópteros para outras figurações ao custo de R$ 5,2 bilhões e o "AEROLULA" , adquirido por R$ 57 milhões, está sendo considerado obsoleto. Desse jeito nossa cultura vai ao sucateamento também. O nosso dinheiro está sendo mal investido. Perceberam?
IMPOSTÔMETRO - Se movimentou de novo: a arrecadação de tributos federais, estaduais e municipais, desde 01 de janeiro até 29 de agosto, atingiu R$ 1 trilhão. A marca de 2012 foi atingida 15 dias antes do que em 2011.
NOVO CONTRATO COM A CORSAN  -  Depois de 44 anos, no dia 28 de agosto, o Executivo Municipal assinou um novo Contrato de Programa com a Companhia Riograndense de Saneamento/Corsan para mais um período de 25 anos.  Os serviços de fornecimento de água potável tratada continuará a cargo da Corsan no Município de Três de Maio, que também se responsabiliza pela implantação da rede esgoto cloacal entre os compromissos contratuais assumidos. Mais uma grande conquista para a comunidade tresmaiense, que não caiu do céu. Foram muitas idas e vindas.
BASTA! - É hora de parar de fazer da educação um canal de proselitismo e de transmissão ideológica. Educação é conhecimento e prática, não podendo faltar a formação.
PREVIDÊNCIA DEFICITÁRIA - O rombo da Previdência Social em julho bateu nos R$ 2,6 bilhões, apesar da expansão da arrecadação. E os idosos continuam pagando o pato, recebendo apenas a correção da inflação a cada aumento. Cada ano que passa, mais e mais se descapitalizam os idosos aposentados. Não podem e nem devem gostar disso.
NO EMBALO DA SOJA  - Existe um otimismo exagerado em torno da próxima safra da soja, tudo por causa do preço. Os produtores prometem aumentar as áreas destinadas ao plantio da oleaginosa. O bom seria incentivar a diversificação maior de culturas, para que houvesse uma estabilidade maior nos negócios do setor primário. Depois de uma boa safra, o preço das commodities caem.
PERGUNTA: SE A MAIORIA DO STF CONDENOU VALÉRIO, SEUS SÓCIOS E O EX-DIRETOR DO BB, O EX-PRESIDENTE DA CÂMARA O MENSALÃO NÃO EXISTIU? O QUE TERIA EXISTIDO, ENTÃO?




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/03/2019   |
08/03/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |
15/02/2019   |
08/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS