Sábado, 21 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Corrupção sem fim...

21/11/2014 - Por Marcos Salomão
Tweet Compartilhar
Já ando cansado de ver notícias de corrupção. Parece que ficou tão comum que não me assusta mais. Milhões, bilhões ou trilhões? Que diferença faz? Todos os dias um escândalo novo, ou um escândalo velho ressurge e era muito pior do que se imaginava...

Até onde tudo isso vai? Haverá um limite? Chegará um momento em que vai parar? Ou nos acostumaremos com isso, de forma normal, sem nos preocuparmos mais com o volume de dinheiro desviado...

Por mais que o governo tenha tentado negar, parece que está surgindo uma crise financeira no país. O comércio reclama que o movimento está parado. Servidores fazem greves. Parte do povo está nas ruas protestando. Este é o reflexo de um país dividido, onde muitos estão revoltados e outros satisfeitos. Este é o problema de morar em um país continental. Enorme.

Ouvi outro dia que iriam cortar parcialmente o seguro desemprego e o auxílio doença. Parece que o Ministro da Fazenda está preocupado com os gastos. Dizem que o país vai fechar o ano no vermelho...
Os bons financiamentos do BNDES também serão reduzidos. Os juros aumentaram, assim como o combustível e dizem que a energia elétrica também vai subir...

Se a turma do Aécio tivesse ganho a eleição, e isso tudo estivesse acontecendo, provavelmente a turma da Dilma diria que isso era culpa do PSDB. Como está acontecendo no governo dela, ainda não temos um culpado. Até porque, durante o processo eleitoral o país estava perfeito para quem defendia o governo. Ruim estava para quem era oposição. Agora, passadas as eleições, dá pra perceber que não estava tão bom...

Deixa andar... Só o futuro dirá como vai ficar...

Todos nós queremos um país melhor. E todos nós estamos percebendo que a coisa não está boa. Talvez esteja boa pra quem não entende como funciona a vida. Porém, quando os preços dos mercados começarem a subir, então finalmente se perceberá que não está bom para ninguém.

Porque é quando pega na comida, que o povo sente. Enquanto você está falando de taxa de juros, nem todos sentem. Falou em desvio de bilhões da Petrobrás, para muitos é como assistir uma novela ou um filme. Falou sobre corrupção política, para muitos isso sempre existiu então não se pode criticar...

Quando a conta chegar nas prateleiras, daí a choradeira será maior.

Que bom seria, se o país superasse toda e qualquer crise. Limpasse da política os corruptos. Estivesse com as contas em dia e não precisasse cobrar mais impostos para crescer. Que bom seria se tivéssemos infraestrutura de qualidade, serviços públicos de ponta e um crescimento em várias áreas que são fundamentais.

Por enquanto, neste momento pós-eleição, as notícias não são as melhores. Lamentamos, mas pouco se pode fazer. Podemos olhar, criticar, protestar, mas isso tudo ainda parece não fazer diferença.

Queremos um país melhor. Queremos um país sem tanta corrupção, indiferente de quando ela começou, mas sabendo que um dia ela deve acabar. Queremos um lugar melhor para nossos filhos. E queremos um momento presente de qualidade. Tomara que soprem ventos melhores...



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/04/2015   |
13/04/2015   |
13/04/2015   |
27/03/2015   |
20/03/2015   |
13/03/2015   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS