Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1486
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

O que é ARETÉ?

06/02/2015 - Por Arlete Salante
Tweet Compartilhar
Areté é uma palavra de origem grega que expressa o conceito grego de excelência.  Está ligado à noção de cumprimento do propósito ou da função a que o indivíduo se destina. No sentido grego, a virtude coincide com a realização da própria essência, e portanto a noção se estende a todos os seres vivos. Segundo Sócrates, a virtude é fazer aquilo que a que cada um se destina. Aquilo que no plano objetivo é a realização da própria essência, no plano subjetivo coincide com a própria felicidade.

Na Grécia Antiga, areté ou aretê significava também a coragem e a força de enfrentar todas as adversidades, e era uma virtude a que todos aspiravam.

Areté foi também importante elemento na paideia grega, o conceito de educação integral para a formação de um cidadão virtuoso e capaz de desempenhar qualquer função na sociedade.

Porque Psicologia na Prática?

O propósito desta coluna é fazer um pouco de pedagogia social a partir de textos curtos que possibilitam ao leitor perceber-se, para com isso tirar vantagem para sua vida.

Assim, sinto-me na obrigação de esclarecer que o que toca um leitor em um texto está relacionado a ele próprio, não as outras pessoas. Em nome da ética nas relações e da boa convivência social, alerto que não é de bom tom utilizar-se do conhecimento para analisar e julgar seus familiares, amigos, colegas, conhecidos ou quaisquer outras pessoas do seu convívio. Cuidado com a tentação do "psicologês"  da "psicologia de buteco" e das soluções mágicas - para os outros.
 
Sinto que tarefa é cumprida quando alguém lê algo, se toca e consegue mudar um padrão de comportamento ou qualquer outra coisa em sua vida para melhor, ou ainda, procura auxílio profissional de psicologia. Estes sim, são o bom uso da coluna Psicologia na Prática.

 A psicologia é uma ciência belíssima, assim como é belo o ser humano. Para que haja um bom resultado entre ciência e homem, para que ambos ganhem, é preciso cuidado e respeito. Da mesma forma como se entra no maravilhoso mar, um oceano de possibilidades e riquezas naturais. Sem compreensão ou cautela, qualquer um pode se afogar.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/04/2016   |
08/04/2016   |
01/04/2016   |
24/03/2016   |
18/03/2016   |
11/03/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS