Sexta-feira, 24 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

20/02/2015 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - FALTA ÁGUA - "De dia falta água, de noite falta luz". Esta marchinha de Carnaval, muito antiga, cai a talho de foice. Estamos em plena época de Carnaval ou pós-Carnaval e ainda soam os últimos acordes das festas momescas. Vários estados do País estão enfrentando a maior crise de sua história pela falta de água e também pelos apagões. A falta d'água não é mais privilégio do Nordeste. Agora, está faltando água até para beber em São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. O que estaria acontecendo? Dar a culpa a São Pedro não está com nada. E nem rezar para chover, como se fazia antigamente, está ajudando. Provavelmente, além das rezas, que não são desprezíveis, os consumidores precisam mudar suas atitudes. A chuva é um fenômeno da natureza e ela é provocada, se existem condições meteorológicas favoráveis. Provavelmente estas condições não são mais favoráveis, por isso São Pedro não atende os pedidos. A explicação precisa ser dada pelos técnicos entendidos em meteorologia. É bem verdade que está chovendo pouco em algumas regiões e muito em outras. Quando chove normalmente ninguém se preocupa. O tempo precisa de mais atenção, do contrário, vai faltar água e luz.

A CASA ESTÁ CAINDO - Com tantos escândalos, caiu a credibilidade. Em dezembro passado a presidente tinha 44% de ótimo/bom, agora, caiu para 23%. Para 44% dos brasileiros, o desempenho da presidente reeleita é ruim e péssimo. Se não cuidar a credibilidade vai a zero. Tudo isso, quando o PT comemora 35 anos de existência. Um aniversário macabro.

PRESIDENTE SABIA - Segundo 77% dos entrevistados pelo DataFolha, a presidente Dilma sabia do petrolão. Só 14% das pessoas entrevistadas acham que ela nada sabia. Ai Jesus!

MAIS NOTÍCIA RUIM - A inflação de janeiro medida pelo IPCA foi de 1,24%(a mais alta dos últimos 12 anos) e o PIB foi zero. Pura notícia ruim. E a inflação dos últimos 12 meses furou o teto, atingindo 7,15%. Se tudo isso for revertido através de boa governança, ótimo.

A GRANDE QUEIXA - Dos governadores e dos prefeitos é que o governo federal cria as leis, mas quem tem que cumpri-las são os estados e os municípios. Por exemplo, no segmento educacional dá dinheiro para creches(escolas infantis), mas não oferece recursos para a manutenção. No segmento da saúde, o governo federal disponibiliza recursos para UPAs, mas não destina recursos para manter a estrutura administrativa. A palavra com os prefeitos.

A FRASE - "Nós robemos, mas eles também robaram". A frase é atribuída ao ex-presidente Lula.

TESOUREIRO - Petista, João Vaccari, o homem da mochila, o Moch, teria recebido US$ 200 milhões da Petrobras. O PT teria desviado meio bilhão de reais dos cofres da Petrobras nos últimos 10 anos. O dinheiro teria sido usado para financiar as campanhas eleitorais de 2010 e 2014, entre outras coisas. E ninguém sabia de nada. Dinheiro oriundo de contratos superfaturados. Tudo é desmentido, porém. E daí?

HÁ COISAS QUE A GENTE TEM QUE ADMITIR - Não se pode tapar o sol com a peneira, como diz o velho ditado. A roubalheira da Petrobras não tem como encobrir. Ou será que o dinheiro foi arrebatado por um vendaval? E os culpados precisam ser devidamente penalizados.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS