Quinta-feira, 29 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Hospitais filantrópicos e Santas Casas podem paralisar atendimento pelo SUS no Estado

20/02/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Atendimento pelo SUS deverá ser suspenso no
Hospital Oswaldo Cruz de Horizontina

Em 90 dias, instituição de saúde poderá interromper atendimento a pacientes e até mesmo os serviços do Samu

Nesta semana, a direção do Hospital Oswaldo Cruz de Horizontina informou que irá encerrar em 90 dias os atendimentos via Sistema Único de Saúde (SUS). Um dos principais motivos é a suspensão do repasse de verbas governamentais, em razão do hospital ser uma empresa privada, ou seja, de propriedade de um grupo de médicos.

Conforme o diretor da instituição, médico Milton Izolan, desde o mês de novembro o SUS não repassa nenhum recurso em nível de produção para o hospital, o que representa em valores cerca de R$ 800 mil. 

Na última sexta-feira, 13, a direção informou oficialmente à 14ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) o encerramento dos atendimentos em um prazo de três meses, ou 90 dias, conforme exige a legislação. Uma reunião também deverá ser realizada com o prefeito de Horizontina Nildo Hickmann para discutir o problema.

Até o vencimento do prazo legal de 90 dias, segundo Izolan, o hospital vai continuar atendendo normalmente a demanda de pacientes do SUS com ressalvas de algumas cirurgias eletivas que serão realizadas conforme a necessidade.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Confira a matéria completa no jornal impresso





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

02/06/2017   |
19/05/2017   |
13/04/2017   |
10/04/2017   |
24/03/2017   |
20/01/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS