Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1486
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Homem confessa assassinato de mulher de Tucunduva

10/04/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Elenita Altíssimo, 49 anos, foi morta a tiros, no interior do município, no dia 30 de março

O autor do homicídio que vitimou a moradora de Tucunduva, Elenita Altíssimo, 49, confessou o crime para a Polícia Civil nesta semana. Segundo ele, Elenita estava lhe extorquindo há algum tempo, e também ameaçava atentar contra os familiares dele.

O homem é Valdemir Tusset, de 62 anos, também morador de Tucunduva. Ele contou para a polícia que durante seu envolvimento amoroso com a vítima, já havia entregado um carro para ela, e que agora, ela exigia dele uma casa mobiliada no valor de R$ 180 mil. Ele teria agido sozinho no momento do crime.

O delegado responsável pelo caso, João Vitório Barbato, diz que não vê necessidade, no momento, de pedir a prisão preventiva do suspeito. O mesmo encontra-se na situação de réu primário, tem residência fixa, está acamado com diversas lesões e não possui antecedentes criminais. Ele foi vítima de um acidente de moto no mesmo dia em que cometeu o crime. Valdemir perdeu uma das pernas após colidir contra um caminhão, na ERS 305.

Elenita Altíssimo foi morta no dia 30 de março, na localidade de Km 08, interior de Três de Maio. Os moradores ouviram disparos de arma de fogo e acionaram a Brigada Militar, que ao chegar ao local, por volta das 16h30min, encontrou o corpo de Elenita próximo ao cemitério da comunidade. O laudo do IML apontou que ela foi morta com disparos de uma arma calibre 32.





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

24/11/2017   |
03/02/2017   |
24/06/2016   |
27/05/2016   |
12/02/2016   |
12/02/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS