Quarta-feira, 20 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A coluna do J

24/04/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
SAÚDE NA UTI - Por enquanto, não se vislumbra uma solução em  relação aos hospitais de Três de Maio e Horizontina, que enfrentam sérias dificuldades. E a solução, só com os governos do Estado e da União pagando o que devem às casas de saúde. O tempo vai passando e os hospitais já  estão na UTI, respirando artificialmente. Na esteira do problema, atendimento à saúde poderá ter graves consequências. A direção do Hospital São Vicente de Paulo, com uma dívida de R$ 3 milhões, para enfrentar o problema poderá ser obrigado a optar pelo cancelamento de algumas especialidades. O que será lamentável. Normalmente, a luta é por ampliar o leque de atendimento. Se o que já foi conquistado for cancelado, será um retrocesso. A luta deveria ser, além de buscar os recursos para a sobrevivência do Hospital, manter e até ampliar as atuais especialidades. Em Horizontina, o prazo dado pelo Hospital Osvaldo Cruz para suspender o atendimento pelo SUS está expirando, também sem uma solução.

PREFEITO OLÍVIO CASALI assume a Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa num momento difícil para os municípios. Terá que, junto com os demais prefeitos, buscar soluções para amenizar as dificuldades comuns a todos. O grande problema é que terão que se virar sozinhos. Estado e União que já não cumpriam integralmente com sua parte, estão falidos, é o que dizem. E agora José?

CERCADA de grande expectativa, começa amanhã a 14ª Expofeira do Agronegócio de Três de Maio. É o maior evento do município e um dos maiores da região. Com uma programação diversificada, que vai de shows a Festa  Campeira e Motocross, de palestras a exposição e concurso de gado leiteiro, e de comercialização de roupas a carros e máquinas agrícolas, os organizadores esperam atrair cerca de 100 mil visitantes. Agora, é torcer por tempo bom.
MESMO com um caminhão de reivindicações, não vai ser fácil o prefeito Casali pedir alguma coisa para o governador. Depois do anúncio de cortes na saúde, educação e segurança, e a falta de dinheiro até para a folha do funcionalismo, como chegar no homem? Mas quem conhece  Casali sabe que ele não vai aliviar. Cobrar o que o Estado deve ao HSVP deve estar na pauta. 

ENQUANTO cooperativas agrícolas estão enfrentando sérias dificuldades, algumas em processo de liquidação extrajudicial, uma está em expansão e mostrando muita vitalidade. Trata-se da Cooperativa Mista São Luis, com sede em Santa Rosa e abrangendo 9 municípios. Repartindo lucros com seus associados, a Coopermil que se instalou há cerca de 4 anos em Três de Maio e, mais recentemente, em Dr. Maurício Cardoso, mostra que com competência e seriedade administrativa, se conquista   confiança e credibilidade dos associados.

CALIBRANDO: CÂMARA de Vereadores com um estande na 14ª Expofeira. ALERTA GERAL: região Noroeste na eminência de um surto que pode virar epidemia de dengue. Todo o cuidado é pouco. A PROPÓSITO motos podem invadir estacionamento para carro? Cadê a fiscalização? ÚLTIMOS dias para fazer a declaração de renda. Mas que renda? MENSALÃO, Lava Jato e tornados, tragédias brasileiras. PARQUE GERMANO DOCKHORN bonito e preparado para o maior evento do município. EXPECTATIVA para o discurso do governador Sartori na abertura da Expofeira.

ÓTIMO FIM DE SEMANA, curtindo os shows da 14ª Expofeira.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS