Terça-feira, 18 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1562
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

08/05/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
PORTA ARROMBADA, TRANCA DE FERRO - Depois de vários episódios de violência, intensifica-se o debate em torno da instalação de monitoramento eletrônico no centro de Três de Maio e em pontos estratégicos da cidade. O mesmo está acontecendo em Horizontina, onde avança o projeto de monitoramento através de câmeras. Iniciativa que certamente tem o apoio da comunidade. É um meio eficaz de  combater e  inibir a bandidagem. Deve ser prioridade. Hoje ninguém se sente seguro. Fatos que até bem pouco tempo aconteciam só nas cidades grandes e nos filmes, estão se tornando rotina. Colocar a tecnologia à serviço da segurança da população é uma medida inteligente e necessária. Que o debate não se prolongue indefinidamente.

PROPOSTA INDECENTE - O impasse em relação à saúde em Horizontina está longe de uma solução. Devido aos termos da proposta do Executivo, a Associação recém criada, não vai assumir o Hospital. De acordo com o vereador Antônio Lajús, a proposta do Executivo estabelece regras e exigências fora da realidade. Tive acesso a esse documento.  As exigências são tão grandes e descabidas que o hospital não tem como atender, e o valor oferecido não cobre nem os custos. Nessas condições, o hospital não sobreviveria, afirma Lajús.

A XIV EXPOFEIRA de Três de Maio, mais uma vez, alcançou seus objetivos. Mostrou as potencialidades do município em todos os segmentos. E, é claro, divertiu, comercializou e agregou experiência e conhecimento. Durante os nove dias do evento, shows, visita do governador, palestras, exposição de animais, máquinas e implementos agrícolas. A feira serviu para mostrar a evolução do município, e que pode ser vista e sentida, ao longo de mais de 20 anos que o evento vem sendo realizado.

MAS MESMO sendo uma boa feira, deu pra sentir que o povo está com o freio de mão puxado. Conversando com alguns expositores, ficou essa impressão. A expectativa de venda era maior. A população sabe que teremos pela frente tempos difíceis. Apertou o cinto. Usou do bom senso e não extrapolou. Afinal cautela e caldo de galinha não fazem mal pra ninguém.

EM TEMPOS de crise e preço do combustível em alta, bicicletas poderiam ser um meio de transporte alternativo e econômico, além de saudável. Mas parece que não é assim que pensam nossas autoridades. Na região, apenas Santa Rosa está implantando ciclovias. Uma pena. 

CALIBRANDO - TRECHO de pouco mais de 1000 metros do Rio Buricá, cenário de 3 tragédias em menos de um mês. SANDRO ERGANG assume a responsabilidade de presidir a 15ª Expofeira. Com certeza é preparado para o desafio. ATENDIMENTO pelo SUS com os dias contados em muitos hospitais? CONSOLO, o Inter não ganhou o Gauchão, nós é que perdemos. IMPECÁVEL a organização da 14ª Expofeira. Parabéns ao presidente Luiz Fernando Cereser e equipe. JOSIÉLIN CARVALHO, de soberana da Expofeira para as passarelas.

ÓTIMO FIM DE SEMANA, boa pescaria, curtindo Gilberto Gil.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS