Quinta-feira, 27 de abril de 2017
Ano XXIX - Edição 1454
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Projeto prevê instalação de 13 câmeras em pontos estratégicos da cidade

22/05/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Projeto desenvolvido pela ACI e Sindilojas pretende instalar a central de videomonitoramento nas dependências do Quartel da Brigada MIlitar, fato que necessita de aprovação do convênio por parte da Secretaria de Segurança Pública do RS

Por iniciativa da Associação Comercial e Industrial (ACI) e Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Três de Maio, será desenvolvido no município o projeto Três de Maio, Cidade Mais Segura.

O projeto, que contou com o apoio das forças de segurança pública (Brigada Militar e Polícia Civil), trata da instalação, num primeiro momento, de 13 câmeras de vídeo, localizadas em pontos estratégicos. As câmeras estarão distribuídas por toda a cidade e não serão restritas à área central, pois a ideia é monitorar a cidade toda.

De acordo com o presidente da ACI, Cristiano Rambo, a iniciativa visa maior segurança e diminuição da criminalidade, fornecendo mais segurança às empresas associadas à ACI e Sindilojas, bem como, toda a população três-maiense. "Além disto, pode prestar auxílio à segurança pública no sentido de prevenir crimes e agilizar o processo posterior de investigação", avalia.

Custo e operacionalidade
Segundo Cristiano, todo custo inicial dos equipamentos, sistemas de comunicação, torres de comunicação, rede privada de dados, centrais de monitoramento e primeiras câmeras serão bancadas com recursos da ACI e Sindilojas. "Posteriormente, após demonstrarmos funcionamento, viabilidade e benefícios e, objetivando ampliação dos pontos de monitoramento, certamente, precisaremos de parceiros públicos ou privados dispostos e contribuir", revela, adiantando que o projeto poderá ser ampliado para 32 câmeras.

Cristiano assinala que as centrais de vigilância, ou pontos de monitoramento, devem ser instaladas na Brigada Militar e Polícia Civil, pois uma trabalha preventivamente e no controle da segurança e outra trabalha na investigação de fatos posteriores. "A Brigada Militar, por ter plantão permanente, possuirá as telas e controles das câmeras e a Polícia Civil terá acesso sempre que quiser e for necessário".

Contudo, o início da execução do projeto não tem data definida. "Para poder instalar a central nas dependências do Quartel da Brigada Militar precisamos da aprovação do convênio por parte da Secretaria de Segurança Pública do RS", explica.

"Não podemos esperar"
Cristiano complementa dizendo que todos os equipamentos e serviços serão adquiridos em Três de Maio. "Não vamos mandar dinheiro embora e também não teremos transtornos em possíveis manutenções, pois não será necessário vir técnicos de fora para arrumar", conclui.

Na foto: Presidente da ACI, Cristiano Rambo.


FOTO: ARQUIVO PESSOAL


CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO JORNAL IMPRESSO






Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

07/04/2017   |
07/04/2017   |
07/04/2017   |
24/03/2017   |
17/03/2017   |
10/03/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS