Terça-feira, 17 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Furtos e roubos preocupam comunidade, mas Brigada garante segurança

22/05/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Aumento em mais de 30% nos crimes contra o patrimônio em relação ao mesmo período do ano passado deixa a população em alerta

No último mês, foi registrado um aumento considerável no número de furtos e roubos na cidade de Três de Maio. Normalmente, as ações dos bandidos ocorrem de maneira rápida e tem características semelhantes, o que preocupa os moradores e empresários. A reportagem do jornal Semanal conversou nesta semana, com o Tenente Celito Eduardo Albuquerque, da Brigada Militar, que explicou sobre questões de segurança e também deu dicas para que todos fiquem mais atentos.

Drogas e criminalidade
O tráfico de drogas é um dos fatores que mais causa violência no país atualmente. Nos últimos anos, junto com o aumento no consumo de drogas ilícitas, houve também o aumento do tráfico, que hoje é responsável, diretamente ou indiretamente, por grande parte dos crimes cometidos por quem se envolve nesse meio. Segundo o Tenente Celito, o grande motivo para a criminalidade é a drogadição e sua relação direta com o tráfico, sendo estes fatores geradores de crimes contra o patrimônio, por exemplo. "Muitas vezes, para alimentar o vício, o criminoso acaba por roubar ou furtar para conseguir usar as drogas", explica.

Vigilância
O tenente afirma que a Brigada Militar trabalha constantemente na vigilância, rodando 24 horas por dia, 7 dias por semana. Celito explica que existem paradas em pontos específicos e predeterminadas por escolha técnica, mas que a Brigada tem efetuado prisões de autores de diversos crimes cometidos em Três de Maio. O auxílio do Pelotão de Operações Especiais de Santa Rosa também se tornou mais frequente em nosso município. É cada vez mais comum ver os veículos e os soldados deste pelotão circulando pela cidade, inclusive nos finais de semana.

Em 2015, houve um aumento de 30% no número de ocorrências de crimes contra o patrimônio em relação ao mesmo período do ano passado. Nestes, se encaixam os furtos e roubos que estão sendo cometidos com maior frequência nesse semestre. Apesar disso, Celito destaca que houve diminuição nos crimes de trânsito e lesões corporais.

Efetivo
Quanto a situação de efetivo, Tenente Celito diz que Três de Maio não conta com o número ideal de policiais para a realização do policiamento ostensivo, o que é uma realidade em todo o Estado. "Gostaríamos de receber um aporte de efetivo, mas com a situação atual que o Rio Grande do Sul enfrenta, tudo indica que não será para breve", destaca. Com o efetivo atual, a Brigada Militar consegue manter as guarnições nas ruas 24 horas por dia.

Mais segurança
O Tenente Celito deu algumas dicas para que as pessoas se protejam contra quaisquer atos de violência que possam ser cometidos por bandidos e ladrões. Entre as recomendações, ele diz que todos devem ficar atentos na hora de sair de casa e também na hora de retornar. Isso evitará que você seja surpreendido (a) por algum elemento na rua. Evite também, deixar portões e/ou janelas abertas. Para os empresários que possuem lojas com vitrines, é importante que as mesmas possuam segurança, para não facilitar a ação dos bandidos. Quando se encontrar em alguma situação suspeita, informe imediatamente a Brigada Militar pelo telefone de emergência 190.

Na foto: Tenente Celito Eduardo Albuquerque.


FOTO:  ARQUIVO PESSOAL


CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO JORNAL IMPRESSO





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/10/2017   |
13/10/2017   |
13/10/2017   |
15/09/2017   |
25/08/2017   |
18/08/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS